Blocos arrastam foliões na abertura não oficial do Carnaval de rua no Rio

Evento, não oficial, contou com mais de 10 cordões que arrastaram foliões pelas ruas da cidade

Por PALOMA SAVEDRA

Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. Na foto, o bloco Locomotiva da Baixada.
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. Na foto, o bloco Locomotiva da Baixada. -

Rio - Quem disse que a Festa de Momo só vai começar em Março este ano? Para os foliões cariocas, não há pausa para os cortejos. E, neste domingo, pelo menos 19 blocos saíram pelas ruas da cidade e declararam a abertura não oficial do Carnaval de 2019. O evento foi o pontapé para uma extensa agenda de desfiles que tomarão a cidade nos próximos finais de semana. 

A maioria dos blocos saiu na Região Central da cidade. O primeiro cortejo (da Bateria Insana) estava marcado para o meio-dia, na Praça XV. A concentração começou no local e, depois, a partir das 15h, mais foliões chegavam no Centro para seguir outros desfiles.  

Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. Na foto acima a folia Caroline. - Luciano Belford/ Agência O Dia

Integrante do Biquínis de Ogodô, onde toca saxofone, a arquiteta Caroline Sampaio, de 31 anos, chegou cedo à Praça XV, e decretou: "Carnaval é o ano inteiro. Hoje é só a abertura do de 2019". 

O produtor de moda Leandro Cerqueira, 26, fez coro. Ele, que disse participar de desfiles o ano inteiro, ressaltou que os meses que antecedem o Carnaval oficial são ainda mais intensos. "Participo de tudo que é ligado à folia o ano inteiro. E quando chegam o Natal e Réveillon é no pré-Carnaval que pensamos". 

Professora de oficinas de perna de pau, Raquel Poti, 35, celebrou a união entre os pernaltas e ressaltou a mensagem que passa em suas aulas: "A ideia é criar relações numa cidade que está construída para estarmos separados, no sentido de agregar as pessoas. Há um apoio mútuo para cuidarmos uns dos outros".

A estudante de Farmácia Camila Fernandes, 20, e a publicitária Amanda Souza, 28, se prepararam para curtir o evento deste domingo. As duas já estavam prontas, com purpurina e fantasia, desde o início da tarde.

Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. - Luciano Belford/ Agência O Dia

"Gostamos do Carnaval raiz de rua e da Sapucaí", disse Camila. Para enfrentar o calor e a 'maratona', Amanda ressaltou o uso de protetor solar e tênis. Ela também contou que evita blocos lotados.

Galeria de Fotos

Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do Carnaval 2019. Luciano Belford/ Agência O Dia
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. Na foto acima a folia de perna de pau Raquel. Luciano Belford/ Agência O Dia
A arquiteta Caroline Sampaio toca saxofone no Biquínis de Ogodô Luciano Belford/ Agência O Dia
As foliãs Amanda e Camila se prepararam para curtir o dia inteiro de cortejos Luciano Belford/ Agência O Dia
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a abertura não oficial do Carnaval 2019 Luciano Belford/ Agência O Dia
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. Na foto, o bloco Locomotiva da Baixada. Luciano Belford/ Agência O Dia
Blocos saíram no Centro e declararam a abertura não oficial do Carnaval. Ao lado, Raquel Poti no Bloco Vem cá, minha flor. fotos Luciano Belford/ Agência O Dia
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do Carnaval 2019 Luciano Belford/ Agência O Dia
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do carnaval 2019. Na foto acima a folia de perna de pau Raquel. Luciano Belford
Encontro de blocos no Centro do Rio declara a 'abertura não oficial' do Carnaval 2019. Luciano Belford/ Agência O Dia

Confira a programação do Carnaval não oficial:

12h: Bateria Insana, Praça XV

14h: Cordão do bloco laranja, Cinelândia

14h: Biquínis de Ogodô, Praça XV

14h: Locomotiva da Baixada, Rua do Mercado

14h45: Labirintos públicos, Praça XV 

15h: Traz a caçamba, Rua do Mercado

15h: Vem cá, minha flor, Buraco do Lume (Centro)

15h: Bloconce, escadaria da Rua Taylor (Glória)

15h: Me enterra na quarta, no Museu de Arte Moderna (Aterro do Flamengo)

15h20: Planta na mente, Praça Tiradentes

15h30: Bloco das Tubas, Praça XV

15h30: Maracutaia, ao lado do Tribunal de Justiça do Rio (Centro)

16h: Truque do Desejo, Rua do Mercado

16h: Trombetas cósmicas, Praça XV

16h: Filhotes famintos, Escadaria Selarón (Lapa)

16h: Mulheres rodadas, Pira Olímpica (Centro)

17h: Vamo ET, Rua do Mercado

17h15: Blonk, em frente à Alerj

18h: Boi tolo, Praça XV

Últimas de Rio de Janeiro