Mais Lidas

Portal dos Procurados pede informações sobre envolvidos na morte de PM

Francisco Fernandes Souza, 38 anos foi morto a tiros no dia 23 de janeiro

Por O Dia

Portal dos Procurados pede informações sobre suspeitos de matar PM
Portal dos Procurados pede informações sobre suspeitos de matar PM -

Rio - O Portal dos Procurados divulgou nesta terça-feira, um cartaz para ajudar a Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF) na localização de Cremilson Almeida de Souza, o Coroa, 43 anos, chefe do tráfico do Roseiral e Vale do Ipê, em Belford Roxo; Leonardo da Silva Queiroz, o Monstrão ou Palhacinho, 26; Itallo Peixoto de Queiroz, 20; e Tauan Barcellos Barros, 18. Segundo a especializada, os homens são os principais suspeitos de assassinar o policial militar Francisco Fernandes Souza, de 38 anos.

Uma recompensa de R$ 5 Mil é oferecida pela prisão dos envolvidos na morte do quarto agente de segurança em 2019. Os homens já são considerados foragidos da Justiça.

O crime ocorreu por volta da 1h30 do dia 23 de janeiro, na Rua Emília Marcondes, em Beford Roxo. O policial voltava de uma festa de aniversário acompanhado da mulher quando foi surpreendido pelos bandidos. Os dois homens de moto se aproximaram e o renderam.

Segundo as investigações, logo depois, um terceiro criminoso chegou de bicicleta, com o rosto coberto por uma camisa, e disse: "É esse aí mesmo, o branquinho". Os criminosos, então, atiraram e fugiram em seguida. Testemunhas contam que o policial militar levou 11 tiros no peito.

Na ultima sexta-feira, agentes da DHBF sob a coordenação dos delegados Daniel Rosa e Jefferson Ferreira, deflagraram uma operação, nas comunidades Roseiral e Vale do Ipê, em Belford Roxo, para prender os envolvidos. Durante a ação, cinco criminosos foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico. No entanto, nenhum dos suspeitos de matar o PM foram encontrados. 

O Portal dos Procurados pede para quem tiver informações a respeito da localização dos homens deve denunciar pelos seguintes canais: pelo Disque-Denúncia (21) 2253-1177, pelo WhatsApp ou Telegram dos Procurados (21) 98849-6099; pelo Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procurados.org/, ou pelo aplicativo para celular do Disque Denúncia . O anonimato é garantido em todos os canais . 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários