Mais Lidas

Bebê atingido por árvore durante temporal não vai precisar operar

Artur Miguel foi atingido na cabeça nesta segunda-feira, em Acari, na Zona Norte

Por O Dia

Pequeno Artur ficou gravemente ferido após árvore cair e destruir local onde ele morava com a família, em Acari
Pequeno Artur ficou gravemente ferido após árvore cair e destruir local onde ele morava com a família, em Acari -

Rio - O bebê Artur Miguel, de apenas dois meses, que ficou ferido após uma árvore cair sobre a sua casa durante o temporal desta segunda-feira, em Acari, na Zona Norte, não vai precisar passar por cirurgia. Artur foi atingido na cabeça e segue em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Getúlio Vargas, na Penha.

Segundo a mãe do menino, identificada apenas como Lidiane, a árvore corria risco de cair. "Cheguei a comentar com a minha mãe sobre o risco da árvore cair, o que acabou acontecendo logo em seguida, quando eu estava tomava banho", disse, revelando o estado do filho. "A situação dele está muito difícil", lamentou a empregada doméstica.

A família de Lidiane morava em um barraco na Favela de Acari, que ficou completamente destruída pelo vegetal, um eucalipto. "Quando eu cheguei ao local, minha mãe já tinha conseguido tirá-lo do quarto. Já estava sangrando muito. As crianças foram comigo até a beira da pista (Avenida Pastor Martin Luther King) e pararam um carro de um motorista de Uber, que nos levou para a UPA", falou Lidiane. "A árvore veio quebrando tudo. Saiu até a raiz", completou.

Além da casa de Lidiane, outras sete foram atingidas pela árvore. Uma gestante e outras seis crianças também se feriram. Uma delas, de dois anos, levou sete pontos na cabeça. Os outros não tiveram ferimentos graves.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários