GM participa de ato simbólico da campanha 'Cerol Mata', na Zona Sul

Vítimas do cerol foram lembradas na areia da praia

Por O Dia

Ato simbólico da campanha Cerol Mata em Copacabana
Ato simbólico da campanha Cerol Mata em Copacabana -
Rio - A Guarda Municipal participou, na manhã deste domingo, da campanha 'Cerol Mata', em motociata e ato simbólico com mil pipas de cor preta em memória das vítimas das linhas cortantes, em frente ao Posto 5 da Praia de Copacabana, Zona Sul.
Com apoio e a escolta de 12 guardas motociclistas e duas viaturas de trânsito, cerca de 250 motociclistas saíram em comboio da sede da instituição, em São Cristóvão, em direção a Copacabana.
Os motociclistas colocaram mil pipas pretas na areia da praia em sinal de luto pelas vítimas. Cerca de 600 folhetos informativos sobre a proibição do uso de cerol e da linha chilena foram distribuídos na orla. Guardas municipais do Grupamento Especial de Praia (GEP), que coíbem diariamente o uso de cerol e linhas chilena na orla, também participaram da ação.
Mil pipas foram colocadas na areia da praia em memória as vítimas da linha cortante - Guarda Municipal
Além dos grupos de motociclistas, parentes das vítimas das linhas cortantes, como a mãe de Kevin da Silva, de 23 anos, também participaram do ato. O jovem morreu ao ser atingido pela linha chilena no dia 20 de novembro de 2015, quando retornava para casa de moto na Rodovia Presidente Dutra. 
"Essa ação representa uma vitória para nós, que estamos lutando há quatro anos para acabar o uso das linhas cortantes. Ter o apoio da prefeitura hoje foi maravilhoso, muito gratificante se unirem a nós contra o uso do cerol e da linha chilena. As pipas podem ser soltas, mas sem linhas cortantes. Esperamos que as pessoas tenham mais consciência", declarou emocionada Kelly Cristina da Silva, 45 anos, mãe de Kevin.
No município do Rio é proibido o uso e a comercialização das linhas chilena (composta de quartzo e óxido de alumínio), de cerol (mistura de pó de vidro com cola de madeira) ou de outros materiais cortantes em pipas, papagaios, pandorgas e semelhantes.

Galeria de Fotos

Ato simbólico da campanha Cerol Mata em Copacabana Guarda Municipal
Mil pipas foram colocadas na areia da praia em memória as vítimas da linha cortante Guarda Municipal

Comentários