Preso miliciano de Nova Iguaçu investigado em morte de morador da Cacuia

Contra Everson Guedes Chaves havia um mandado de prisão por homicídio duplamente qualificado e associação criminosa

Por O Dia

Everson Guedes Chaves estaria envolvido na morte de um morador do bairro da Cacuia
Everson Guedes Chaves estaria envolvido na morte de um morador do bairro da Cacuia -
Rio - Uma ação da 58ª DP (Posse) prendeu, neste sábado, Everson Guedes Chaves, suspeito de integrar uma milícia de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Contra ele, havia um mandado de prisão em aberto por homicídio duplamente qualificado e associação criminosa. O homem foi capturado no município de Mangaratiba, na Região da Costa Verde.
De acordo com a Polícia Civil, o grupo paramilitar ao qual Everson pertence atua no bairro da Cacuia, em Nova Iguaçu, e seria responsável por uma emboscada que levou à morte de um morador da localidade. A corporação informou ainda que o crime teve a intenção de impor medo aos vizinhos para que eles passassem a seguir ordens dos milicianos.

Após a expedição de mandado de prisão, Everson passou a se esconder em diversos endereços, para tentar impedir a sua captura.

A Polícia Civil diz que equipes da 58ª DP (Posse) vão continuar as investigações contra a milícia que atua na região, para desarticular o grupo paramilitar. E "assim diminuir os índices de mortes violentas, bem como encerrar o ciclo de exploração e medo imposto na população local", a unidade informou.

Comentários