Bailarina ganha prêmio em competição internacional

Por

A vida nos desfiles começou cedo para Bárbara Mylena Moura. Com apenas quatro anos, já era passista da Tijuquinha do Borel. Hoje com 15, ela é porta-bandeira da escola mirim do Salgueiro, e no início de outubro, na Argentina, arrasou no Danzamerica, Grande Prêmio de Balé da América Latina.

Bárbara faturou menção honrosa no balé contemporâneo solo e duo, medalha de prata no balé solo e ouro no grupo de balé. "Eu tenho a vida dedicada à dança e, quando fui aprovada para competir no exterior, fiquei muito feliz", contou.

Desfilar na Avenida é hereditário. A avó de Bárbara foi porta-bandeira da Estácio de Sá por 20 anos, e a mãe foi a primeira criança a ser rainha de bateria pela escola. Bárbara continua essa história através do Salgueiro.

"Competir fora do país é uma oportunidade única. E representar o Salgueiro tem um grande peso, tem todo um pessoal que acredita em mim", concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários