Ato em defesa da amamentação reunirá mil mães no MAM e marcará abertura de evento sobre aleitamento

Atriz Maria Paula Fidalgo será uma das madrinhas do evento "Amamentação como um direito humano a ser protegido"

Por O Dia

Mães reunidas em evento em Manaus, AM.
Mães reunidas em evento em Manaus, AM. -
Rio - Na próxima segunda, a partir das 9h, mil mães irão se reunir para amamentar seus bebês em um ato público, no Museu de Arte Moderna do Rio (MAM), que fica no Aterro do Flamengo, Zona Sul da cidade. Evento abrirá o 15º Encontro Nacional de Aleitamento Materno (ENAM) e do 5º Encontro Nacional de Alimentação Complementar Saudável (ENACS), que acontecerá de 11 a 15 de novembro.

O tema deste ano será “Amamentação como um direito humano a ser protegido” e terá a presença de Cesar Victora, epidemiologista especialista em nutrição e saúde materno-infantil, e de convidados internacionais como o advogado David Clark, representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o pediatra Carlos Gonzales, Lawrence Grummer-Strawn, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Annelies Allain, da International Baby Food Action Network (IBFAN).

Organizado pela Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar do IBFAN, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), o evento visa “empoderar o ato de amamentar, um direto humano que traz benefícios fundamentais para a vida da criança”, segundo Edmar Santos, secretário do Estado de Saúde do Rio de Janeiro.
A iniciativa contará também com o apoio do governo federal e de universidades públicas, além de ter como uma de suas madrinhas a atriz e escritora Maria Paula Fidalgo, que se tornou importante símbolo sobre a importância do amamentação. Maria Inês Oliveira, presidente nacional do Encontro, comenta: "A amamentação é um direito humano, assim como a alimentação complementar para o bebê. Por isso, é fundamental que a gente possa dar subsídios para empoderar mães e pais na questão da amamentação exclusiva".

Alguns dos objetivos do Encontro são: a importância de se discutir a alimentação infantil no mundo, que envolve questões políticas, sociais e econômicas, além de culturais, a ética e a equidade na alimentação infantil no mundo, as políticas e as práticas de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e alimentação complementar e, também, a formação e educação voltada para esses temas.

Programação

9h – Boas-vindas às mães

9h30 – Apresentação do Coral do Colégio Adventista de Botafogo

10h – Abertura Oficial do Mil Mães Amamentando

10h30 – Apresentação do balé dos bebês e dança de mães

11h – Foto oficial do mamaço

11h30 – Apresentação do Acorde! Vocal

12h – Aulão de Yoga

12h30 – Encerramento

Mães e bebês abraçam o Cristo Redentor

A partir das 15h, ainda no dia 11 de novembro, o Cristo Redentor também irá receber um abraço das mães e bebês da Pastoral da Criança como parte da programação do Encontro Nacional de Aleitamento Materno. Segundo a organização do evento, o local foi escolhido por ser um símbolo do Rio de Janeiro e estar dentro do Parque Nacional da Tijuca, área de preservação ambiental. Na ocasião, será lançado o manifesto “Amamentação e alimentação natural: uma ação climática!”

Comentários