Idosa morre ao ser atingida por bala perdida no quintal de casa

Lisete Pereira foi socorrida no Hospital Estadual Alberto Torres, mas já chegou à unidade sem vida

Por Thuany Dossares

Lisete Pereira tinha 78 anos
Lisete Pereira tinha 78 anos -
Rio - Uma idosa morreu, na manhã desta deste domingo, depois de ser atingida por uma bala perdida, quando estava no quintal de casa, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do estado. O caso aconteceu por volta das 9h30 no bairro Arsenal. A mulher foi atingida no peito por um tiro de pistola calibre 380.
Lisete Pereira, de 78 anos, chegou a ser socorrida no Hospital Alberto Torres (Heat), no Colubandê. De acordo com a Secretaria estadual de Saúde, ela já deu entrada na unidade sem vida.
O corpo da idosa foi encaminhado ao IML de Tribobó, onde familiares estiveram, na manhã desta segunda-feira. Ainda não há informações sobre a origem do disparo que a atingiu.
OPERAÇÃO EM COMUNIDADE VIZINHA
O sobrinho e afilhado da vítima, Maurício Pessanha, 54, disse que no momento em que Lisete foi atingida, um neto de 12 anos dormia na casa dela.
"Nunca é bom perder quem você ama", lamentou o motorista de ônibus.
Na hora em que a idosa foi baleada, agentes do 7º BPM (São Gonçalo) estavam fazendo uma operação no Morro da Dita, no bairro Jóquei, que fica próximo da residência dela. Na ocasião, o aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT-RJ) relatou disparos de tiros na comunidade, por volta das 9h05. Sobre a operação, a PM disse que "não houve prisões ou apreensões".
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Lisete Pereira tinha 78 anos Arquivo Pessoal
Vítima foi levada ao Hospital Alberto Torres, mas já chegou sem vida à unidade Estefan Radovicz / Agência O

Comentários