Belford Roxo: a mais violenta

Segundo Fogo Cruzado, município registrou o maior número de tiroteios na Baixada em 2019

Por

Levantamento feito pela plataforma Fogo Cruzado aponta que, em 2019, 7.365 disparos de arma de fogo foram registrados na Região Metropolitana do Rio, dos quais 1.647 deles na Baixada Fluminense. Belford Roxo liderou o número de tiroteios, com 544 registros em 2019, 33% do total da Baixada. A plataforma reúne apenas relatos, em redes sociais e na imprensa, de disparos.

Os dados do Fogo Cruzado mostram que, de um total de 13 municípios da Baixada, Belford Roxo foi o que mais teve tiroteios, além de feridos e mortos nessas ocorrências. Pelo menos uma troca de tiros por dia foi registrada. Agentes do estado estariam presentes em 111 casos.

A sensação de insegurança repercute nas ruas de Belford Roxo, e as pessoas relatam tensão constante. "A gente fica assustado e com muito medo por conta dos confrontos. Em plena luz do dia ocorrem tiroteios. Uma praça de guerra", desabafou uma aposentada, moradora do bairro Parque Santa Amélia.

A presença de um carro desconhecido, por exemplo, vira motivo de falatório. Durante a reportagem, a equipe de O DIA foi surpreendida ao estacionar ao lado de uma padaria, localizada num dos acessos a uma comunidade controlada por criminosos. Homens em atitude suspeitas passaram a observar o veículo. "É sempre dessa forma. Quando os carros não são conhecidos aqui no bairro, as pessoas passam a observar. Às vezes, acontece dos motoristas serem abordados e ameaçados", explicou a aposentada. Por conta da violência, redes de aço cortante e arames farpados são facilmente encontrados nas residências.

Os dados da plataforma vão ao encontro dos índices do Instituto de Segurança Pública (ISP), que apontam Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis e Duque de Caxias com 15% dos homicídios intencionais de janeiro a novembro de 2019, com 580 casos.

Procurada, a Polícia Militar afirmou que não comenta "dados não oficiais".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários