Terceiro idoso é assassinado em São Gonçalo neste ano

Hélio Rangel da Silva, de 67 anos, foi baleado na noite de sexta-feira e não resistiu

Por

Imagem dos tiros: os autores dos disparos não foram presos
Imagem dos tiros: os autores dos disparos não foram presos -

Um homem de 67 anos foi morto a tiros na noite de sexta-feira no bairro de Jardim Catarina, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Hélio Rangel da Silva foi socorrido por seu filho ao Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias da morte da vítima. Diligências estão em andamento para esclarecer o caso.

Violência chama atenção

Hélio foi o 3° idoso morto a tiros em São Gonçalo em 2020, de acordo com dados da plataforma Fogo Cruzado. Ele estava na Rua Lamartine Babo, próximo a uma oficina, quando foi baleado.

Em 2019, a plataforma registrou 41 idosos baleados no Grande Rio - 24 deles morreram. São Gonçalo foi o município mais letal para idosos naquele ano. Foram nove mortos e outros três feridos. O número de mortos na cidade representou um aumento 167% em relação a 2018, que teve 3 mortos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários