Projetos sociais abrem inscrições

Frutos de parcerias com a Naturgy, ações integram programa de Responsabilidade Social Corporativa

Por

Na PUC, alunos se qualificam para trabalhar como assistentes de câmera, cinegrafista ou com edição
Na PUC, alunos se qualificam para trabalhar como assistentes de câmera, cinegrafista ou com edição -

Importantíssimos para a evolução da sociedade como um todo, projetos sociais sempre rendem bons frutos. Não é a tôa que a Naturgy, fornecedora de gás canalizado no Rio de Janeiro, aposta nisso. Assim como em 2019, a empresa possibilitará que jovens moradores de regiões carentes do Rio consigam duas formações distintas: Gastronomia e Audiovisual. As inscrições para ambos os cursos acontecem em janeiro e fevereiro.

Entre os dias 27 e 29 de janeiro, o centro universitário Unilasalle recebe inscrições para mais uma edição do projeto social Energia do Sabor. Objetivando treinar e formar jovens de baixa renda, com foco na empregabilidade em restaurantes e hotéis da cidade, o curso é composto por etapas teóricas e práticas, capacitando o aluno a atuar imediatamente no mercado de trabalho.    

Coordenado pelos chefs Vicente Maia e Cris Gonzalez, também responsáveis pela Escola de Gastronomia da instituição, o curso é fruto de uma parceria entre o centro universitário e a Naturgy. As aulas do projeto têm duração de cerca de cinco meses e contam com uma novidade para a edição de 2020. Além da parte técnica, que compõe 70% da grade, o curso abordará também uma parte teórica com serviço de salão e hospitalidade. O objetivo é capacitar esses jovens para atuar tanto dentro da cozinha como no atendimento em estabelecimentos gastronômicos.  

As inscrições acontecem entre os dias 27 e 29 de janeiro de forma presencial no Unilasalle, em Niterói. Serão avaliados até 100 candidatos para participar do processo seletivo, que consiste em entrevista com os coordenadores. As entrevistas serão realizadas nos dias 30 e 31 de janeiro. Desses, 20 serão escolhidos para integrar a nova turma. 

Se de um lado há gastronomia, do outro o que manda é a tecnologia. O Núcleo de Estudo e Ação sobre o Menor (Neam) foi fundado na PUC Rio com a intenção de abrir as portas da tradicional universidade para os jovens das comunidades ao redor da unidade na Gávea. O projeto agora tem como um dos seus carros-chefes o curso técnico de formação em Audiovisual e Informática.

Fruto de uma parceria com a Naturgy e com o Departamento de Comunicação Social da PUC, o curso abre inscrições no próximo dia 4 de fevereiro e vai até o dia 10. O objetivo é qualificar os jovens para trabalhar como assistentes de câmera, edição ou cinegrafista. Além do ensinamento técnico, todos têm noções de empreendedorismo para abrir seu próprio negócio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários