Presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, em entrevista à CNN Brasil - CNN Brasil
Presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, em entrevista à CNN BrasilCNN Brasil
Por O Dia
Rio - A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, afirmou, nesta segunda-feira, que a Fundação Oswaldo Cruz não possui tecnologia suficiente para fabricar a vacina da Pfizer, como fará com a de Oxford. A informação foi revelada em entrevista à CNN Brasil.
"A vacina da Pfizer se trata de um medicamento feito com uma plataforma nova, vacina de RNA. Porém, nós não temos no Brasil essa tecnologia em termos de planta de produção capaz de produzir em escala", disse a presidente da Fiocruz.
Publicidade
Nísia comentou ainda sobre a vacina de Oxford, que será produzida pela Fiocruz. Ela afirmou que, pelo avanço dos estudos de fase 3, não será necessário o pedido de aprovação emergencial.
"Avaliamos que a autorização temporária não será o caso da vacina de Oxford porque já houve a entrega de dados da fase 3 para a Anvisa. Estamos acelerados na fase de registro. Não há vantagem para registro provisório nesse momento".