Equipe do Corpo de Bombeiros atropela pedestre  - Reprodução
Equipe do Corpo de Bombeiros atropela pedestre Reprodução
Por O Dia
Rio - A força-tarefa do Corpo de Bombeiros do Rio contra a covid-19 ganhará reforço no período das festas de Réveillon. De 30 de dezembro a 4 de janeiro, a corporação vai aumentar em 40% o efetivo empenhado e em 100% o período de fiscalização. Cerca de 43 equipes de intervenção rápida vão realizar vistorias em locais com eventos de reunião de público, das 13h às 5h.

"O Corpo de Bombeiros segue na missão de salvar vidas. Estamos fazendo a nossa parte, ampliando a fiscalização e divulgando as orientações de prevenção contra a doença. Mas essa é uma responsabilidade compartilhada. A sociedade tem que abraçar a causa para ajudar a frear o avanço do coronavírus", afirmou o comandante-geral do CBMERJ e secretário de Estado de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro.

Desde 25 de novembro, o Corpo de Bombeiros já realizou mais de 637 procedimentos administrativos - entre emissão de notificações, autos de infrações e interdições em todo o Estado. Neste período, ocorreram 147 interdições. Até o momento, foram registradas 365 denúncias relacionadas a aglomerações em eventos.

De acordo com o decreto do dia 5 de novembro, os produtores de eventos devem garantir o distanciamento social, o uso de máscara facial, a utilização de álcool 70% e a lotação máxima de 50% da capacidade total. E cabe aos administradores das edificações e aos produtores estar em conformidade com as determinações e cumprir a legislação.