Campanha de doação de alimentos da Marcha foi prorrogada
Campanha de doação de alimentos da Marcha foi prorrogadaPaulo Fernandes / Governo RJ
Por O Dia
A pandemia tem mostrado ser ainda mais importante a renovação de sentimentos como solidariedade e esperança. Por isso e para atender quem tanto precisa, a Marcha pela Cidadania e Ordem, programa da Secretaria de Estado de Governo, prorrogou até amanhã a campanha de arrecadação de alimentos não-perecíveis para destinar às comunidades terapêuticas, que são uma rede de apoio e acolhimento que assiste dependentes químicos. Moradores de qualquer parte da cidade podem participar da ação.
A doação de macarrão, leite em pó, feijão, arroz, dentre outros alimentos não perecíveis, pode ser feita nas bases do Segurança Presente, parceiro nesta corrente solidária: Aterro do Flamengo, Botafogo, Copacabana, Ipanema e Lagoa. O horário para entrega é das 08h às 20h.
"A melhor forma de reverter a situação de vulnerabilidade nas ruas é apoiando o trabalho social especializado, que atua pelo bem comum. A Marcha tem como missão estabelecer vínculo de confiança, orientação e encaminhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade para os serviços da rede de apoio e para órgãos de defesa de direitos", ressaltou a superintendente da Marcha, Priscilla Schaewer.
O Instituto Social Marca de Cristo, localizado em Brás de Pina, na Penha, tem sido um aliado da sociedade no cuidado de dependentes químicos, abrigando pessoas em situação de rua e/ou com transtornos decorrentes do uso, abuso e dependência de substâncias psicoativas e será um dos beneficiados com a distribuição de alimentos.
"Nosso trabalho visa a reconstrução de vínculos com familiares e a ressocialização dos indivíduos. Nos sentimos honrados pela parceria com o Governo do Estado do Rio através da Marcha pela Cidadania e Ordem, tendo acolhido cerca de 80 pessoas em situação de rua. Doar neste momento de tamanha dificuldade é uma oportunidade da sociedade civil mostrar a solidariedade e o amor por meio de um gesto tão nobre e voluntário", declara Leonardo Apicelo, diretor do Instituto Social Marca de Cristo.
A Marcha pela Cidadania e Ordem atua de forma permanente nas ruas com uma equipe técnica de abordagem que busca identificar as demandas de forma individual e humanizada, encaminhando, intervindo e promovendo melhorias nas condições de vida.
As bases do Segurança Presente ficam no Aterro (Parque das Crianças ou Parque dos Galos); Botafogo (Rua Professor Álvares Rodrigues); Copacabana (dentro do 19º BPM); Ipanema (Praça General Osório); e Lagoa (Parque das Figueiras, ao lado da Subsecretaria Militar).
Você pode gostar
Comentários