Policia Civil prendeu o vereador Jairinho e Monique Medeiros, padrasto e mãe do menino Henry Borel.
Policia Civil prendeu o vereador Jairinho e Monique Medeiros, padrasto e mãe do menino Henry Borel.Reginaldo Pimenta
Por O Dia
Rio - A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar o vazamento de um "nude" de uma das ex-namoradas do vereador Dr. Jairinho (sem partido). A imagem dela foi divulgada nas redes sociais após ela prestar depoimento no caso que apura as circunstâncias da morte do menino Henry Borel, 4 anos. A  Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) investiga o caso. 
Em depoimento, a cabeleireira contou ao delegado Henrique Damasceno, da 16ª DP (Barra da Tijuca), que a filha era agredida pelo vereador. As agressões aconteceram entre 2010 e 2013, quando a criança tinha entre 3 e 5 anos de idade. De acordo com o diretor do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE), o delegado Felipe Curi, a menina sofreu uma série de agressões.
Publicidade
Além de agressões à menina, Jairinho é acusado de violência doméstica. O vereador agredia a ex-namorada, mãe da criança. Por conta desses episódios, ele está sendo investigado, em um outro inquérito que ainda está em andamento.