Setor de shoppings propõe vendas no modelo drive-thru

Proposta foi feita em reunião na tarde de ontem por grupo de empresários. Prefeitura se mostra favorável

Por O Dia

O encontro aconteceu na garagem da Prefeitura de São Gonçalo
O encontro aconteceu na garagem da Prefeitura de São Gonçalo -

Em encontro com autoridades da prefeitura de São Gonçalo, na tarde de ontem, representantes de entidades empresariais dos setores de comércio e de serviços dos shoppings centers solicitaram que o governo municipal autorize vendas nos centros comerciais no modelo drive-thru, em que não é preciso sair do carro para a retirada de mercadorias. O objetivo é amenizar os problemas financeiros enfrentados, principalmente, por empresas de pequeno e médio porte. 

O pedido foi feito em reunião realizada na prefeitura, que se mostrou favorável à proposta, e pediu aos empresários que preparem um projeto, junto com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e as secretarias de Trabalho e Desenvolvimento Econômico e de Saúde, e a Procuradoria Geral do município, com detalhes sobre a implantação do modelo de vendas na cidade.  

"Estamos aqui para trabalhar em conjunto. Vocês preparam a minuta e vamos discutir novamente. Se for viável, vamos colocá-la em prática", garantiu aos empresários a secretária chefe de gabinete da prefeitura, Eliane Gabriel, que voltou ao trabalho após 14 dias de internação para tratar a covid-19.

Também presente à reunião, o vereador Alexandre Gomes (PV) destacou que a medida é fundamental para aquecer a economia da cidade, além do comércio essencial que segue funcionando durante a pandemia. Gomes lembrou que as vendas em modelo drive thru vêm sendo adotadas em dezenas de municípios do país em segurança, sem comprometer as ações de combate à covid-19. 

"Temos certeza que a opção é viável e segura. Como o sistema adotado em lanchonetes de fast-food, nossa proposta é que outros setores do comércio tenham essa opção neste período de quarentena, respeitando, é claro, a obrigatoriedade de não haver aglomeração", disse o vereador. 

A proposta dos empresários não se restringe às vendas nos shoppings centers de São Gonçalo. A ideia é que o modelo drive thru seja implantado também em determinadas ruas e avenidas das regiões comerciais da cidade, no Centro e em Alcântara. As compras seriam feitas por meio de aplicativos, sites e até mesmo por WhatsApp, com posterior retirada nos locais indicados, sem aglomerações.

Medidas restritivas

Assim como Niterói, São Gonçalo reforçou as medidas restritivas de isolamento social na cidade. As determinações, que proíbem a circulação de pessoas nas vias públicas e funcionamento do comércio considerado não essencial, foram prorrogadas até o dia 31, e incluem o bloqueio das áreas comerciais do Centro e de Alcântara. 

Os únicos estabelecimentos autorizados a funcionar são aqueles considerados essenciais, como farmácias, supermercados, centros de abastecimento de alimentos, padarias, pet shops, postos de combustíveis, restaurantes e lanchonetes. Os últimos apenas para entregas em domicílio. Farmácias e pet shops devem funcionar somente para entrega e retirada de produtos. O uso de máscaras de proteção continua obrigatório na cidade. 

Prefeitura abre novos leitos no pronto socorro infantil

O prefeito José Luiz Nanci acompanhou a inauguração na unidade - Divulgação

A prefeitura abriu oito novos leitos de CTI para o tratamento da covid-19 no Pronto Socorro Infantil, no bairro do Zé Garoto. Segundo a secretaria municipal de Saúde, os leitos estão equipados com respiradores, monitores, incubadora e um setor de isolamento. No momento, de acordo com a direção da unidade, há três crianças internadas com covid-19, duas de 3 e uma de 4 anos. Na terça-feira, uma criança de 5 anos morreu, no Hospital Alberto Torres, no Colubandê, com diagnóstico positivo para coronavírus. 

Com a abertura dos leitos, as crianças com sintomas graves da covid-19 serão internadas no Pronto Socorro Infantil.

"Antes, elas estavam sendo atendidas nos leitos de retaguarda de urgência e emergência do município, que agora terão maior capacidade para tratar pacientes graves de outras doenças", disse o secretário municipal de Saúde, Jefferson Antunes.

O prefeito José Luiz Nanci, que se recuperou da covid-19 após 21 dias de isolamento social em casa, acompanhou a abertura dos novos leitos. Segundo ele, os próximos leitos abertos na cidade serão no Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, em Lagoinha, que tem previsão de inauguração no início de junho. Serão 68 novos leitos.

"Agradeço a Deus por estar curado. Agora, volto a acompanhar pessoalmente as ações de combate à doença e o tratamento e cuidados oferecidos a nossa população", disse o prefeito Nanci.

Galeria de Fotos

O encontro aconteceu na garagem da Prefeitura de São Gonçalo Divulgação
Empresários de São Gonçalo sugerem plano de reabertura do comércio à prefeitura Divulgação
Empresários de São Gonçalo sugerem plano de reabertura do comércio à prefeitura Divulgação
Empresários de São Gonçalo sugerem plano de reabertura do comércio à prefeitura Divulgação
Empresários de São Gonçalo sugerem plano de reabertura do comércio à prefeitura Divulgação
Empresários de São Gonçalo sugerem plano de reabertura do comércio à prefeitura Divulgação
Empresários de São Gonçalo sugerem plano de reabertura do comércio à prefeitura Divulgação

Comentários