UPA de Nova Cidade completa quatro anos com mais de 400 mil atendimentos

Unidade realiza o primeiro atendimento, com estabilização e observação do paciente por até 24 horas, de acordo com a classificação de risco. Após este tempo, havendo necessidade, é removido para um hospital

Por O Dia

O local conta com consultórios de pediatria e clínica médica, laboratório para a realização de exames e sala de raio-X, eletrocardiograma, sutura, medicação e nebulização, além de leitos de observação para adultos e crianças
O local conta com consultórios de pediatria e clínica médica, laboratório para a realização de exames e sala de raio-X, eletrocardiograma, sutura, medicação e nebulização, além de leitos de observação para adultos e crianças -
SÃO GONÇALO - Com mais de 400 mil atendimentos realizados, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Cidade completou quatro anos neste domingo (27), com saldo positivo no atendimento. A unidade tem em sua rede médica e administrativa, mais de 160 colaboradores e é referência no atendimento de qualidade e humanizado, com 98% de aprovação entre os usuários segundo pesquisa própria.
A UPA realiza o primeiro atendimento, com estabilização e observação do paciente por período de até 24 horas, de acordo com a classificação de risco. Após este tempo, havendo necessidade, ele é removido de ambulância para o tratamento definitivo em um hospital. A unidade conta com consultórios de pediatria e clínica médica, laboratório para a realização de exames e sala de raio-X, eletrocardiograma, sutura, medicação e nebulização, além de leitos de observação para adultos e crianças e outra sala com leitos para receber pacientes em estado grave. Enfermeiros atuam com a “classificação de risco”, que determina a urgência de cada paciente.
“Desde o primeiro dia de funcionamento a UPA mostra um trabalho de excelência. Uma boa gestão se faz com os profissionais que aqui atuam. Somos todos responsáveis por fazer o serviço acontecer”, afirma a diretora geral da unidade, Roberta Azeredo.
A unidade, que é administrada pela Organização Social InSaúde, atende um público diverso, em sua maioria dos bairros Trindade, Itaúna, Luiz Caçador, Salgueiro, Antonina, Porto do Rosa e região. Em agosto de 2019, o local ganhou um consultório odontológico de urgência e emergência que funciona 24 horas, com capacidade para atender 100 pacientes ao dia, de todas as idades, com dor de dente, disfunção na articulação da mandíbula, abscessos, além de realizar sutura de face ou boca. No mês seguinte, a Upa foi qualificada pelo Ministério da Saúde para receber recursos federais para custeio de atendimento de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.
A estudante Larissa Amaro, 22 anos, procurou a unidade em busca do serviço de pediatria para o filho. Foram acolhidos, e o menino de quatro anos, consultado e medicado. "Moro aqui perto e, desde a abertura da unidade, venho aqui em busca de atendimento para mim e para meus filhos, pois sei que o serviço é de qualidade", conta.
O mecânico Paulo Soares, 53 anos, sentiu-se mal no trabalho e seguiu para a unidade esta semana. Foi a segunda vez, por motivo diferente, que procurou a UPA de Nova Cidade. Identificada a pressão alta, ele foi medicado e liberado depois de algum tempo em observação. "Sou sempre tratado com respeito. Por isso vim aqui, pela confiança", assegura.

Comentários