Polícia e MP procuram a mulher de Queiroz em São João de Meriti e em BH, diz TV

Promotores do Rio e de Minas fizeram buscas em casas de parentes de Fabrício Queiroz, que poderiam estar escondendo a mulher dele, Márcia Oliveira de Aguiar.

Por O Dia

Polícia e MP procuram a mulher de Queiroz em São João de Meriti e em BH, diz TV
Polícia e MP procuram a mulher de Queiroz em São João de Meriti e em BH, diz TV -
A polícia e o Ministério Público fizeram operações nesta terça-feira (23) nos estados do Rio e de Minas Gerais para tentar prender Márcia Oliveira de Aguiar. É a mulher de Fabrício Queiroz - ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro. As buscas em São João, na Baixada Fluminense, foram feitas em casas de parentes de Márcia.
Em reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo, o Ministério Público cumpria mandados de busca e apreensão, mas não informou se saiu com algum material de dentro das casas revistadas, e nem se conseguiu alguma pista do paradeiro da mulher de Queiroz. Márcia Aguiar não foi encontrada.
O mandado de prisão preventiva de Márcia Oliveira foi expedido no dia 16 de junho pelo juiz Flávio Itabaiana de Oliveira, da Justiça Estadual do Rio de Janeiro, mesmo dia do mandado de prisão de Fabrício Queiroz. Ele foi detido dois dias depois em Atibaia, no interior de São Paulo.
O Ministério Público do Rio aponta Queiroz como operador de um esquema de “rachadinha”. A suspeita é que servidores devolviam parte dos salários ao parlamentar. Segundo as investigações, Márcia Aguiar, que também foi assessora de Flávio Bolsonaro, teve papel importante no esquema.

Comentários