Fórum de Cultura de Silva Jardim enviou documento à Prefeitura, solicitando que o município voltasse atrás na decisão
Fórum de Cultura de Silva Jardim enviou documento à Prefeitura, solicitando que o município voltasse atrás na decisãoFoto: Lucas Madureira
Por O Dia
SILVA JARDIM – A Prefeitura de Silva Jardim, no interior do Rio, publicou um comunicado a respeito do desmonte do Centro Cultural Capivari (CCC), que virou assunto na cidade na última semana. Em nota, publicada nas redes sociais nesse domingo (7), o Município afirma que não há a intenção de transferir o setor de Ouvidoria do governo municipal para o prédio, onde funciona o centro cultural.

“A Administração Municipal de Silva Jardim comunica que não há, nem nunca houve a intenção de transferir o setor de ouvidoria da municipalidade para o Centro Cultural Capivari, no Centro da cidade. O prefeito em exercício, Fabrício Azevedo, garante que não existe a menor possibilidade disto acontecer”, diz trecho da nota alegando que tudo não passou de um boato de pessoas querendo prejudicar a imagem do governo.

Personalidades ligadas à cultura local, no entanto, divergiram da nota emitida pelo Município. “Que nota de esclarecimento infeliz... As pessoas que convocaram a manifestação, a qual fui convidado, não fazem esse tipo, não são envolvidas nessa política que é realizada, não têm interesse em prejudicar a cidade, por isso se moveram em prol da Cultura”, argumentou um morador da cidade na publicação.

Embora a Prefeitura de Silva Jardim tenha negado a intenção levar a Ouvidoria do governo municipal para o prédio, o subsecretário de Cultura da cidade, José Luiz Moldero, havia confirmado que o assunto vinha sendo debatido internamente e, de fato, estava em fase de avaliação. O subsecretário, entretanto, se colocou contra a ideia e afirmou não concordar com a intenção.