FEVRE recebe exposição sobre cultura Coreana

Trabalhos de fotografia estão abertos à visitação e celebram os 60 anos das relações diplomáticas entre a Coreia do Sul e o Brasil

Por O Dia

Exposição ‘Coreia: Cultura, Tecnologia e Inovação’
Exposição ‘Coreia: Cultura, Tecnologia e Inovação’ -
Volta Redonda - A Fundação Educacional de Volta Redonda (FEVRE) recebe até esta quinta-feira, dia 14, a exposição ‘Coreia: Cultura, Tecnologia e Inovação’, no Teatro Maestro Franklin de Carvalho, no Colégio Getúlio Vargas. A mostra, aberta ao público diariamente das 8h às 16h30, celebra o aniversário de 60 anos das Relações Diplomáticas entre a Coreia do Sul e o Brasil. O evento é uma realização da AsiaColors e do Consulado Geral da República da Coreia.

“É a primeira vez que a cidade de Volta Redonda recebe um evento como este abordando a cultura coreana. Será uma ótima experiência de aprendizagem para os nossos alunos. Essa exposição já esteve no começo do mês no Museu de Arte do Rio e estamos muito felizes em receber esse trabalho em nossa cidade”, explica o prefeito Samuca Silva.

“Este é um projeto da disciplina de Geografia, elaborado pela professora Elaine Nobre, que visava mostrar ao aluno a evolução tecnológica ocorrida na Coreia, evidenciando as possibilidades e oportunidades para os alunos em sua formação”, explica o presidente da Fundação Educacional de Volta Redonda, Waldyr Bedê.

Além da exposição, os alunos puderam participar da palestra “Inovação da Tecnologia de Indústria Pesada”, com Marcos Túlio, representante da Hyundai Heavy Industries Brasil. Para as alunas Vitória Teixeira, Bárbara Lia e Mariana Couto, que idealizaram um projeto sobre a Coreia, a exposição é um marco.

“Estamos felizes pela oportunidade de conhecer mais da cultura coreana. Foi na aula de geografia que surgiu a ideia, nós já tínhamos uma identificação com o tema e gostávamos da Coreia. Ficamos felizes com o resultado e pelo fato de a escola ser escolhida para receber esse evento”, afirmaram as alunas.

A exposição é composta por fotos culturais, banners roll-up e arte em metalon, mostrando letras do alfabeto coreano, além de TVs com vídeos e experiências de realidade virtual com óculos especiais. As fotografias são sob as lentes do sul-coreano Song Kwang Chan e do brasileiro Bruno Costa.

De acordo com a diretora executiva da AsiaColors, Marcelle Torres, a realização de eventos como esse são de extrema importância nas escolas.
“A Coreia do Sul é um dos maiores centros de inovação tecnológica do mundo. Nosso objetivo é trazer a experiencia tecnológica da Coreia para o Brasil visando a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros por meio da Indústria 4.0, em especial a área de cidades inteligentes. Estamos iniciando uma série de atividades que visam promover e desenvolver este objetivo", ressalta Marcelle Torres.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários