Atividades ambientais e de lazer animaram o domingo na Praça Brasil

Programação contou com a Campanha de adoção de animais, descarte de lixo eletrônico e musical Ayrton Senna

Por O Dia

Feira de Adoção de Animais
Feira de Adoção de Animais "Família Animal" -
Volta Redonda - Diversas atividades gratuitas para a população foram realizadas na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília, nesse domingo, dia 1°. Na parte da manhã, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Volta Redonda (SMMA) promoveu, em parceira com cinco ONGs, a Feira de Adoção de Animais “Família Animal”.
Em sua 7ª edição, a feira tem objetivo de encontrar novos lares para cães e gatos. Cerca de 71 animais já foram adotados, sendo 47 caninos e 24 felinos. Segundo Alexsandra Fernandes, coordenadora do Bem-Estar Animal da SMMA, são animais provenientes de ações fiscais por denúncias de maus tratos, alguns por apreensão e casos em que os donos não conseguem mais sustentar e vão para o programa de adoção por um novo lar.
“A edição, que começou no Ruas de Compras, é feita uma vez por mês. Os animais doados são domésticos e foram vermifugados. Temos conseguido uma boa média de adoção, com 18 animais adotados a cada edição”, comemorou.

O descarte de lixo eletrônico também teve espaço na Praça Brasil. O objetivo foi promover a conscientização ambiental da população, além de gerar renda. O subsecretário de Meio Ambiente, Joaquim Valim, acompanhou a ação.
“A campanha neste domingo já passou de 20 toneladas de lixo descartado e encheu duas caçambas de lixo retirado do ambiente e que ainda vão gerar renda para instituições sociais”, esclareceu o subsecretário.

O projeto de descarte de lixo eletrônico é uma ação do Rotary Volta Redonda, com trabalho de amigos, voluntários e integrantes rotarianos do Volta Redonda Norte e Volta Redonda Leste e recolheu aparelhos de televisão, computadores, entre outros eletrônicos. O presidente do Rotary Volta Redonda, Anderson Oliveira, justificou a iniciativa.
“As pessoas estavam juntando isto em casa e não sabiam como descartar porque é um lixo limpo, tem valor sentimental. Eu fiz um estudo e busquei uma forma correta de fazer isto, de motivar as pessoas a tirar o lixo limpo de casa. Fazemos isto desde abril do ano passado. Esta é a quarta vez que estamos realizando o descarte e já conseguimos recolher 150 toneladas que gerou R$ 25 mil de ajuda para instituições sociais”, explicou Anderson.

O material descartado vai para uma recicladora credenciada e autorizada, onde é feita a desmontagem e o processamento para voltar como matéria prima ao mercado.

A ampla programação contou ainda com o espetáculo teatral Ayrton Senna, o Musical, da Companhia Stone de Teatro, que já percorreu dez estados com apresentações gratuitas para o interior, com base na Lei de Incentivos Fiscais do governo federal. O palco é em uma carreta, o que facilita a montagem para um projeto itinerante.

A Fundação Beatriz Gama levou 40 crianças para assistir o espetáculo e, segundo Iná Leoneza, coordenadora do projeto Novos Horizontes, foi uma grande oportunidade. Shows com artistas locais também fizeram parte da programação, que foi encerrada após a última sessão do espetáculo, às 19 horas.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários