Espaço das Artes Zélia Arbex recebe exposição com elementos naturais

‘Antonio Geraldo - Técnicas’ pode ser visitada até o dia 31 de janeiro

Por O Dia

A exposição ‘Antônio Geraldo 60 Anos - Técnicas’ ficará aberta para visitação até o dia 31 de janeiro
A exposição ‘Antônio Geraldo 60 Anos - Técnicas’ ficará aberta para visitação até o dia 31 de janeiro -
Volta Redonda - O Espaço das Artes Zélia Arbex, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda, iniciou suas atividades em 2020 e segue com a exposição “Antônio Geraldo 60 Anos – Técnicas”, do artista plástico que dá nome à exposição.
O trabalho faz parte da série de exposições originadas pelo edital de ocupação artística da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

“Os artistas da região têm, através do edital de ocupação, uma forma democrática para exporem seus trabalhos. Nosso objetivo é dar oportunidade a eles, além de oferecer cultura com qualidade e gratuita”, afirmou o prefeito Samuca Silva.

Com o edital de ocupação artística, a programação da galeria Zélia Arbex tem um cronograma de exposições mensais já definidas até outubro deste ano. No trabalho do artista plástico Antônio Geraldo, o público poderá conferir obras nas quais o autor utilizou três maneiras de pigmentar com elementos naturais.

“Ao longo desses 27 anos de carreira artística, fui conhecendo novos elementos, além das terras, minérios. Desenvolvi novos métodos, passeando pelos ferros nas oxidações, me aperfeiçoei usando o fogo e evolui para a técnica dos trabalhos com o mato queimado”, explicou Antônio Geraldo.

A exposição ‘Antônio Geraldo 60 Anos – Técnicas’ ficará aberta para visitação até o dia 31 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. O Espaço das Artes Zélia Arbex fica na Rua 14, na Vila Santa Cecília.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários