Vigilância em Saúde e Secretaria de Educação monitoram dados da doença em crianças e adolescentes
Vigilância em Saúde e Secretaria de Educação monitoram dados da doença em crianças e adolescentesDivulgação
Por O Dia
Volta Redonda - Equipes da Vigilância em Saúde e a Secretaria Municipal de Educação de Volta Redonda estão trabalhando em conjunto para monitorar as notificações da covid-19 em crianças e adolescentes (menores de 19 anos) na cidade. O acompanhamento é feito diariamente e foi intensificado, após o retorno das aulas de forma híbrida nas redes pública e particular de ensino.
Segundo a prefeitura, através do monitoramento são tomadas as decisões em relação ao direcionamento das aulas. A Vigilância em Saúde está em alerta também devido ao surgimento de novas variantes do novo coronavírus no Brasil.
Publicidade
De acordo com a Vigilância, em Volta Redonda a média de notificações da covid-19 e de casos de síndrome inflamatória multissistêmica em crianças e adolescentes se mantiveram em 7% do número total de casos no município. Os dados foram extraídos por semanas epidemiológicas, desde a 11º semana de 2020 até a oitava semana epidemiológica de 2021.
O médico sanitarista e coordenador da Vigilância em Saúde, Carlos Vasconcellos, disse que mesmo com o número sob controle do ponto de vista epidemiológico em menores de 19 anos, a prevenção deve ser maior contra o vírus e permanente em escolas e outros locais que atendem a crianças e adolescentes.

“Estamos acompanhando os dados e temos contato constante com as escolas que retomaram as aulas com o ensino híbrido para que intensifiquem a prevenção nos locais e com seus funcionários. Orientamos, de que havendo a suspeita clínica de covid-19, é necessário realizar o exame RT-PCR (swab) na ocorrência dos primeiros sintomas e promovendo o isolamento até o diagnóstico do caso ou seu descarte”, explicou o médico.
Publicidade
Ainda de acordo com Carlos Vasconcellos, a Secretaria Municipal de Saúde estruturou um grupo de trabalho, composto por profissionais da Saúde Escolar, Educação Permanente, Vigilância Epidemiológica, Atenção Básica e Vigilância Sanitária. Uma reunião online foi realizada com responsáveis das unidades escolares de Volta Redonda, no último dia 1º.

“Na reunião, foi estabelecido que as escolas teriam um canal direto com a Secretaria de Saúde para troca de informações e monitoramento, e desde então, está sendo feito o acompanhamento desta maneira em Volta Redonda”, finalizou.