Rodrigo Caetano, hoje no Internacional, trabalhou no Vasco e no Flamengo - Divulgação
Rodrigo Caetano, hoje no Internacional, trabalhou no Vasco e no FlamengoDivulgação
Por O Dia

Rio - Atualmente diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano já trabalhou no Vasco e no Fluminense. Pelo Cruzmaltino, ele estreou no futebol carioca. Para o dirigente, a passagem por São Januário foi a mais complicada da sua carreira, pelo momento do Gigante da Colina e também por ter sido o primeiro clube fora do Grêmio.

"Cheguei no Vasco pós-queda em 2009, foi uma tomada de decisão importante, porque deixei o Grêmio após 16 anos (12 como jogador e quatro como dirigente). Foi sem dúvidas o momento mais difícil da minha carreira, pela situação do clube. O estado que o clube se encontrava era muito complicado de se remontar. Dorival ajudou muito, porque tínhamos que trazer os atletas apostando na marca que é o Vasco", disse em entrevista ao programa "Aqui com o Benja", da Fox Sports.

Rodrigo Caetano afirmou que as condições de trabalho no Vasco eram bem complicadas. O clube além da queda para a Série B vivia a transição entre a gestão de Eurico Miranda e Roberto Dinamite.

"Foi uma situação difícil porque convidei atletas que chegaram no Vasco em janeiro e só receberam em março. O meu nome estava em jogo, minha credibilidade. Acho que conseguimos fazer um bom trabalho, apesar do momento",  

Você pode gostar
Comentários