Escritores da Baixada no universo literário

Nomes de autores da região vão brilhar na Bienal do Livro, no Riocentro

Por O Dia

Nova Iguaçu - Esta semana vai ser movimentada e emocionante para escritores da Baixada Fluminense que estão se lançando no universo da literatura e farão sua estreia na Bienal do Livro, que acontece até o dia 10, no Riocentro, na Barra da Tijuca.

'Território' é o terceiro livro de Thiago Kuerques, 32, de Nova Iguaçu. A obra reúne contos da Baixada, em lugares diferentes e com história diferentes. "É uma maneira de valorizar a região e mostrá-la sob outra ótica", explicou o autor. O livro foi lançado também em Portugal e custa R$ 35. Na Bienal, a apresentação será dia 9, às 12h.

Obra de Thiago Kuerque retrata a Baixada Fluminense em contosDivulgação

Com uma trajetória de superação, o livro autobiográfico 'O menino de Boa Esperança' traz a história do autor, Sérgio Douglas, de Boa Esperança, em Nova Iguaçu, que, mesmo com dificuldades, se tornou um profissional de sucesso. O objetivo é inspirar as pessoas. "Acreditar e perseverar são valores primordiais para a superação das barreiras sociais", afirmou. A obra será lançada no dia 7, às 18h30, e custa R$30.

O primeiro livro da iguaçuana Lu Ain Zaila, 39, traz a história de Ena, uma heroína negra que luta contra a corrupção. "Fui na coragem e vou lançar um livro de forma independente". A autora de '(In) Verdades' estará na feira todos os dias, de 16h às 17h. A edição sai por R$25.

Dia 6 será a vez da Elisângela Medeiros, de Queimados. A autora infantil vai para a Bienal com 'Quem eu sou'. "Sempre sonhei em ver um dos meus livros nas prateleiras da Bienal".

Adriana Igrejas, de Mesquita, autora de 'A babá gótica' e 'A fórmula da vida: a escolha de Catarina', estará todos os dias no estande Eu Leio Brasil, na Calçada Literária.

Últimas de Rio De Janeiro