Alegria no Ar
Coluna
Alegria no Ar
Com Fernando Mansur

Vibrações

Teosofia ensina que todo pensamento é uma 'entidade' viva e os sentimentos também o são, com cores e formas

Por O Dia

A Teosofia ensina que todo pensamento é uma 'entidade' viva. E os sentimentos também o são. Todos possuem cores e formas, segundo cada vibração e frequência. Somos influenciados por essas vibrações.
Um bom clarividente é capaz de perceber nossa aura, que é a soma ou o reflexo dos pensamentos e sentimentos.
A aura faz parte de um corpo chamado etérico, devido à sua constituição mais rarefeita. Já o corpo das emoções é conhecido como corpo astral, pela luminosidade que emite. São cópias ou moldes fiéis do físico. Tudo começa neles, para, então, se manifestar no físico, em resposta à lei de causa e efeito.
Isso não é misticismo. É ciência. Um materialista convicto não se sentirá inclinado a investigar esses campos, ainda que possa senti-los.
Vivemos rodeados de emanações de todos os tipos, equilibradas e desequilibradas. Nossas atitudes decorrem do tipo de vibrações que receptamos e abrigamos, segundo a nossa frequência a cada momento.
Ciúme e inveja, raiva e ressentimento, por exemplo, vão deixar brechas em nossa aura, por onde entrarão 'entidades' afins. O amor, no seu sentido verdadeiro, é a força mais potente do universo. Só ele é capaz de nos guiar para a verdadeira cura.
Apometria, radiestesia, chacras harmonizados, equilíbrio energético e assim por diante, são técnicas que, se bem usadas, podem ajudar. Porém, a técnica mais eficaz é vibrar no amor.
Se estamos bem, tudo à nossa volta fica melhor.
Podemos. Vamos!
Fernando Mansur é radialista, escritor e professor jornalista

Comentários