Coisas do Rio
Coluna
Coisas do Rio
Thiago Gomide - thigomide@gmail.com

Mudanças na educação do Rio de Janeiro

O pedido de exoneração da secretária Talma Suane repercute na rede municipal de educação

Por Thiago Gomide

A secretária municipal de Educação, Talma Romero Suane
A secretária municipal de Educação, Talma Romero Suane -
O pedido de exoneração da Secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro surpreendeu muitas pessoas.  

À frente da pasta desde julho de 2018, Talma Romero Suane vai dar novos passos na vida.

A coluna tentou contato, mas não teve êxito. Fica, evidente, aberto o espaço. 

Queríamos confirmar a informação que ela irá sair como candidata a vereadora pelo partido Podemos e não pelo Republicanos, como estão ventilando.

Havia burburinhos que a agora ex-secretária seria vice da chapa do prefeito Marcelo Crivella. Só burburinhos. Continuam amigos e há apoio. 

Com mais de 35 anos dedicados à rede pública, a professora Talma acumulou seguidoras e seguidores.

“É esperado que ela seja eleita. Fez mudanças importantes para diversas categorias. Tem reconhecimento e potencial”, disse uma fonte.

Talma está se recuperando da COVID-19.

Fica desde já o desejo de pronta recuperação e o ânimo sempre demonstrado.

*

Cenário atual na SME

Quem está respondendo pelo expediente é o professor Cláudio Maia, acumulando a função de subsecretário de gestão. Cláudio Maia desenvolveu uma carreira bem sucedida na 3ª Coordenadoria Regional de Educação.

A expectativa é que a cadeira de Talma seja ocupada pela professora Sueli Pontes, que foi de merendeira a diretora de escola. Sueli Pontes ganhou diversos prêmios por sua atuação no campo educacional, entre eles a medalha "Orgulho do Rio", oferecida pelo jornal O DIA. 

Um grupo também se forma para apoiar a professora Rejane Faria, atual subsecretária de ensino. Rejane Faria tem uma carreira consolidada na 6ª CRE, onde foi recentemente coordenadora.   

O trio é bastante conhecido pela turma da educação. 

Fica aqui também o desejo de boa sorte na nova etapa. Aos três e a uma rede que conta com mais de 70 mil profissionais de educação e 650 mil estudantes.

*

Voltamos ao expediente normal

A coluna, como os fiéis leitores sabem, não costuma falar de bastidores políticos.

Mas educação é especialidade da casa.

Domingo voltaremos com a história de um presidente que quase foi morto no Copacabana Palace.
Aproveitamos e agradecemos ao número de acessos. Obrigado! 

*

Belford Roxo

Super parabéns para os leitores do município de Belford Roxo, que hoje completa 30 anos.

Comentários