Coisas do Rio
Coluna
Coisas do Rio
Thiago Gomide - thigomide@gmail.com

Qual mulher incrível você conhece?

Professoras da rede púbica da cidade do Rio criam perfil no Instagram para promover o conhecimento e a discussão sobre a história de mulheres importantes

Por Thiago Gomide

Professoras valorizam a história de mulheres incríveis
Professoras valorizam a história de mulheres incríveis -
A princesa africana Aqualtune, a polêmica Dona Beja, a provocadora Chiquinha Gonzaga, a professora e médium Aura Celeste e Enedina Alves Marques, a primeira engenheira negra formada no Brasil, fazem parte do primeiro time de mulheres históricas retratadas por cinco professoras da rede pública do município do Rio de Janeiro. 
Criado por Simone Souza, Luciana Polla, Neusa Rodrigues, Núbia Cerqueira do Espírito Santo e Márcia Roberto da Silva, o projeto "Contaí, mulher" é uma caminhada pelos segredos e curiosidades de mulheres fortes que marcam o tempo.
"O principal interesse é mobilizar as mulheres na busca de personalidades femininas impactantes na nossa história, estimulando o processo criativo e aproximação com programas e recursos de mídia. Pensamos nos vídeos para mobilizar a entrada nesse mundo de novas tecnologias, facilitando a produção de conteúdos para ensino em tempo de isolamento social", ressalta Simone Souza.
O vídeo que abre o perfil do Instagram mostra as cinco professoras caracterizadas daquelas mulheres que elas elencaram. Neusa, por exemplo, nos leva a um Quilombo para entendermos as nuances de Aqualtune. Dona Beja, sob o olhar de Simone, mistura a picardia da personagem e os detalhes das casas da época. Luciana preparou o cabelo à la Chiquinha Gonzaga e caprichou no fundo para falar da compositora de "Ô, Abre Alas". A afiada Márcia se apossou do olhar de Enedina, do olhar de quem enfrentou uma sociedade preconceituosa. 
Nesse vídeo, uma taça de gim serve como fio condutor. Uma personagem serve a outra. Como é de se esperar, a religiosa Aura Celeste, vivida por Núbia, dá uma quebradinha na corrente, mas nada que uma substituição por água não resolva. 
O pontapé inicial foi dado e agora as professoras estão recebendo novas participações.
"Algumas pessoas já mandaram. Alguns grupos já gravaram e mandaram. Não há limite. O importante é participar. Vem contar o segredo de alguma mulher que tenha revolucionado a história brasileira", convidam as professoras. 
Lindo ver esse movimento. 
*
Pequena participação
Esse colunista contribui pouco nessa caminhada. 
Fruto do mestrado, o passo a passo da criação de projetos criativos em audiovisual nas salas de aula foi dividido com as professoras. 
O talento é delas. 
Orgulho define. 
*
Plural
"Qual mulher incrível você conhece?" pode ser substituído por "quais mulheres incríveis você conhece?". 


  

Galeria de Fotos

Professoras valorizam a história de mulheres incríveis Acervo particular
Perfil no Instagram exalta mulheres da história do Brasil Reprodução Instagram

Comentários