CAMPANHA DA FRATERNIDADE

Por O Dia

Como tradição, desde 1962 a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) abre oficialmente na quarta-feira de cinzas a Campanha da Fraternidade. Nesta Campanha, que se desenvolve mais intensamente no período da Quaresma, a Igreja Católica chama atenção para o tema das políticas públicas.

Todos os anos temos um assunto a ser aprofundado. Em 2019, o tema que nos é proposto pela Igreja no Brasil nos faz refletir sobre a necessidade de políticas que promovam a dignidade humana no Brasil. O tema 'Fraternidade e Políticas Públicas' dá continuidade ao do ano passado, sobre a paz.

A CNBB propõe que, durante esta Quaresma, através da Campanha da Fraternidade, a sociedade reflita sobre a necessidade de promover uma cultura de paz em meio a tanta violência. É um caminho de conversão.

Os objetivos específicos da Campanha da Fraternidade 2019 são, principalmente, promover a cultura da vida através de políticas públicas de educação, saúde e segurança social, para o pleno desenvolvimento da consciência, da corresponsabilidade entre o homem e a mulher, e da solidariedade entre todos nas políticas de promoção da justiça e dignidade da pessoa.

A Igreja, através da Campanha da Fraternidade 2019, quer fomentar o diálogo e trabalhar, em conjunto, com as diversas camadas da sociedade. A Igreja deseja procurar maneiras comuns de promover mais políticas públicas para todos, especialmente aos mais vulneráveis que, na sua maioria, são vítimas da exclusão social.

Que esta campanha sirva para abrir o nosso coração a Deus e às sementes da Páscoa que brotam em misericórdia e dão frutos de justiça, bondade, amor e fraternidade para todos. Vamos fazer a nossa parte! Uma Santa Quaresma para todos!

Comentários