Combate à sonegação pode recuperar R$ 500 milhões

Por

A Secretaria Estadual de Fazenda iniciou ontem uma força-tarefa no combate à sonegação fiscal de empresas com benefício fiscal. O objetivo é recuperar, em dois meses, R$ 500 milhões para o caixa fluminense — os recursos têm como destinação prioritária o pagamento de salário de servidores.

Nesse período, 18 auditores fiscais vão fiscalizar 36 empresas. As identificadas como irregulares terão que pagar o imposto devido e, além disso, perderão o direito ao regime especial de tributação, como anunciou no último sábado o secretário da pasta, Luiz Cláudio Carvalho.

A Operação Triângulo de Aço, realizada ontem em empresas do setor de siderurgia do Sul Fluminense, foi a primeira ação para desarticular esquemas de sonegação. Os auditores visitaram 18 empresas para buscar provas: em três as suspeitas não foram confirmadas, em 10 havia indícios de irregularidades, e as outras cinco passarão por análise mais detalhada sobre possível ilegalidade.

Comentários

Últimas de Servidor