Números constam do balanço da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG) do Ministério da Economia - José Cruz/Agência Brasil
Números constam do balanço da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG) do Ministério da EconomiaJosé Cruz/Agência Brasil
Por O Dia
O governo federal estima uma economia anual de R$ 2 bilhões (sendo R$ 1,5 bilhão para a população e, aproximadamente, R$ 500 milhões para o governo) com a digitação de serviços. Os números são da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG) do Ministério da Economia.
A pasta divulgou um balanço do trabalho realizado em 2020, e destacou a marca de quase 90 milhões de cidadãos cadastrados no portal gov.br – que já conta com 65% dos serviços virtuais aos brasileiros.
Publicidade
Segundo a secretaria, atualmente, mais de 2,6 mil serviços digitais e 100 portais do governo estão na plataforma Gov.br.  A meta é chegar em 2022 com 100% dos serviços e dos portais em um único local, acessados por um único login.
"O ano de 2020 foi de muitos desafios. Mas, apesar das dificuldades, conseguimos perseverar e progredir. Seguimos incansáveis na busca de um governo cada vez mais digital", declarou o secretário especial da SEDGG, Caio Mário Paes de Andrade.