Mais Lidas

Coreógrafo promete emoção na comissão de frente do Salgueiro sem pirotecnia

Bailarinos vão encenar três histórias diferentes com três xangôs, enredo da vermelho e branco da Tijuca

Por Beatriz Perez

O carnavalesco do Salgueiro preparou um enredo sobre xangô
O carnavalesco do Salgueiro preparou um enredo sobre xangô -

Rio - Quarta escola do primeiro dia de desfiles do Grupo Especial deste ano, o Salgueiro promete emocionar na comissão de frente sem efeitos pirotécnicos. É o que garante o coreógrafo do elemento que abre a agremiação, Sérgio Lobato. "A comissão vem com várias surpresas em sequência. A junção entre movimento, coreografia e efeitos em um tripé vai trazer surpresas ligadas ao humano", ele antecipa, sem dar muito detalhes.

O enredo da vermelho e branco da Tijuca vai falar sobre xangô. Ao homenagear o orixá da justiça, a escola vai falar da corrupção, abordando temas atuais e com a velha guarda representando ministros do STF.

"São três historias diferentes: três xangôs que trazemos. O primeiro é, pelo sincretismo, São Jerônimo; o segundo, o orixá do candomblé; e o último é uma homenagem ao salgueirense Júlio Machado, um destaque que sempre saía como Xangô", Sérgio explica a comissão de frente.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários