'Um Caminho Para a Liberdade' é uma homenagem ao poder dos livros

Novo romance de Jojo Moyes chegou às livrarias em novembro e conta a história de cinco mulheres montam uma biblioteca itinerante para levar conhecimento a regiões carentes

Por TÁBATA UCHÔA

'Um Caminho Para a Liberdade', novo livro de Jojo Moyes, chegou às livrarias em novembro
'Um Caminho Para a Liberdade', novo livro de Jojo Moyes, chegou às livrarias em novembro -
Premiada por seus romances, a escritora britânica Jojo Moyes, autora de "Como Eu Era Antes de Você", adota um tom bem mais político em seu novo livro, "Um Caminho Para a Liberdade" (Ed. Intrínseca. R$ 49,90), que chegou às livrarias este mês. 
Baseado em uma história real, "Um Caminho Para a Liberdade" se passa no finalzinho da década de 30 e conta a história de cinco mulheres que montam uma biblioteca itinerante no estado de Kentucky, interior do leste dos Estados Unidos. 
Margery, Alice, Beth, Sophia e Izzy aceitam o desafio de, a cavalo, levar livros, revistas femininas e cartilhas para áreas mais carentes do Kentycky. Logo de início, elas encontram muitas dificuldades e resistência por parte da própria população. Mas, aos poucos, essas mulheres vão conseguindo quebrar o gelo e ganhar a confiança das famílias carentes, que passam então a ansiar pelo momento em que as bibliotecárias chegarão com novidades.  
Mas nem tudo são flores. A biblioteca itinerante começa a incomodar os "figurões" da região, que não gostam de ver seus funcionários lutando por seus direitos e suas mulheres saindo do papel de submissão que lhes era imposto. Não demora muito para que as "figuras importantes" se voltem contra o projeto e dificultem a vida das bibliotecárias. É aí que elas percebem que juntas são mais fortes e que a amizade pode fazê-las superar as dificuldades. 
"Um caminho Para Liberdade" é uma homenagem ao poder dos livros, ao poder da literatura e uma comprovação do papel transformador que o conhecimento tem na vida das pessoas. Mesmo se passando no final da década de 30, o livro não poderia ser mais atual ao abordar violência doméstica, racismo, intolerância e o papel das mulheres na sociedade.
E quem já é fã de Jojo Moyes não vai se decepcionar. Apesar de não ser o foco do livro, "Um Caminho Para a Liberdade" também tem como plano de fundo um delicioso romance, daqueles que fizeram dela uma das escritoras mais lidas do gênero.

Comentários