HQ autobiográfica ‘Coragem’ fala de ansiedade e saúde mental de forma leve e sensível

Quadrinista Raina Telgemeier trata de assuntos sérios em obra para crianças e adolescentes

Por TÁBATA UCHÔA

'Coragem', de Raina Telgemeier, aborda o tema saúde mental de forma leve
'Coragem', de Raina Telgemeier, aborda o tema saúde mental de forma leve -
Rio - A HQ autobiográfica “Coragem” (Ed. Intrínseca. R$ 39,90), de Raina Telgemeier, chega às livrarias este mês abordando temas como ansiedade e crise de pânico de forma leve e sensível. Destinada ao público infantojuvenil, “Coragem” retrata momentos da infância da quadrinista, que até hoje ainda luta contra suas fobias.

Tímida e um tanto insegura, Raina começou a ter crises de dores de barriga aos 10 anos de idade sem nenhum motivo aparente. Os exames não indicavam nenhum problema digestivo. Preocupada, a mãe de Raina a levou a uma terapeuta. A menina sofria com crises de pânico e ansiedade, que se manifestavam na forma das dores de barriga, vômito, gases, etc.

O quadrinho mostra, então, a jornada de Raina para se conhecer e tentar superar seus medos nesta fase da vida tão cheia de novidades e descobertas, que é a puberdade.

“Coragem” foi um sucesso instantâneo nos Estados Unidos, vendendo 3,5 milhões de exemplares e equiparando Raina a nomes como Rick Riordan e John Green. 

Comentários