Prefeito de Duque de Caxias sobre volta do comércio: 'Decreto mais duro que o atual'

A partir desta segunda-feira, 25, estabelecimentos poderão abrir seguindo normas de higiene

Por O Dia

Calçadão de Duque de Caxias teve grande movimento praticamente todos os dias, mesmo com decreto de isolamento social na cidade
Calçadão de Duque de Caxias teve grande movimento praticamente todos os dias, mesmo com decreto de isolamento social na cidade -
Duque de Caxias - O prefeito Washington Reis justificou o novo decreto municipal, que permite o funcionamento do comércio na cidade, a partir desta segunda-feira, 25, por causa das dificuldades financeiras enfrentadas pela população e pelo município. Entretanto, o estabelecimento que reabrir terá de seguir normas estabelecidas, como o uso obrigatório de máscaras e disponibilizar álcool gel. Veja todos os detalhes do decreto aqui.
"Quem pode, fica em casa, mas a coisa está feia. Tem muita gente passando fome, passando necessidade. A arrecadação das prefeitura despencando... Os royalties do petróleo que eram R$ 12 milhões/mês, caiu para R$ 5 milhões/mês em Caxias. Fizemos um decreto que é mais duro que o atual, permitindo a abertura do comércio, mas com normas, regras", alegou Washington Reis, durante live em uma rede social.
Prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis - Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Além disso, Reis explicou que Duque de Caxias vem ampliando o número de leitos, como a inauguração do novo hospital São José e a abertura de um andar no Hospital Moacyr do Carmo.
"Aprendemos de março para cá como devemos agir. Estou dando o melhor de mim. Entregamos o Hospital São José. Estamos retirando 105 leitos do Moacyr (Hospital) para a Maternidade de Santa Cruz da Serra.  Não vamos liberar para fazer show, clube... Aglomeração chance zero. Se tiver aglomeração, vamos lá fechar a loja, cassar o alvará para servir de exemplo", declarou.
Prefeito diz que pode rever decreto
De acordo com boletim divulgado pela Prefeitura de Duque de Caxias nesta sexta-feira, 22, a cidade tem 174 mortes confirmadas pelo coronavírus e 1.903 casos suspeitos notificados. Ainda durante a entrevista, Washington Reis afirmou que pode voltar a proibir o funcionamento do comércio, caso os números aumentem exponencialmente. 
"A gente tem que se adaptar a realidade. Se começar a aumentar o número de óbitos, diminuir os leitos... Se for necessário, eu faço decreto proibindo o comércio. Os números não mentem", disse Reis. 

Galeria de Fotos

Calçadão de Duque de Caxias teve grande movimento praticamente todos os dias, mesmo com decreto de isolamento social na cidade Estefan Radovicz
Rio de Janeiro - RJ - 04/05/2020 - COVID 19 - Coronavirus no Rio - Abertura do Hospital Municipal Sao Jose, na Rua Nobre Lacerda, 126, Vila Flavia, Duque de Caxias, baixada fluminense - na foto, ao centro, o prefeito de Duque de caxias, Washington Reis - Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia

Comentários