Centrais sindicais anunciam apoio a Ciro Gomes

De acordo com um dos assessores da campanha do pedetista, o apoio tem como objetivo fazer frente ao suporte que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) dá ao candidato do PT, Fernando Haddad

Por O Dia

Aproximação de Ciro com sindicalistas já vem de longa data, mas foi estreitada pela presença de Antônio Neto, presidente licenciado da CSB, na chapa do PDT ao Senado por São Paulo
Aproximação de Ciro com sindicalistas já vem de longa data, mas foi estreitada pela presença de Antônio Neto, presidente licenciado da CSB, na chapa do PDT ao Senado por São Paulo -

São Paulo - A Força Sindical, a Confederação dos Sindicatos Brasileiros (CSB), a União Geral dos Trabalhadores (UGT), e a Nova Central Sindical anunciaram na tarde desta quarta-feira o apoio conjunto ao candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes.

De acordo com um dos assessores da campanha do pedetista, o apoio tem como objetivo fazer frente ao suporte que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) dá ao candidato do PT, Fernando Haddad.

A aproximação de Ciro com sindicalistas já vem de longa data, mas foi estreitada pela presença de Antônio Neto na chapa do PDT ao Senado por São Paulo. Neto é presidente licenciado da CSB.

O anúncio do apoio é feito na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais de São Paulo, entidade ligada à Força Sindical.

"Nós trabalhadores temos a sorte de que pela esquerda há dois candidatos que estão bem. O companheiro Haddad, da CUT, e o Ciro, que tem o nosso apoio. Mas nós não vamos pelo Datafolha ou pelo Ibope. Vamos com Ciro", afirmou o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna.