Ibope: Bolsonaro cresce 4 pontos; Haddad se mantém em segundo

Em simulação de segundo turno, candidato do PSL ganha de Marina Silva, empata com Fernando Haddad e perde para Ciro Gomes e Geraldo Alckmin

Por O Dia

Candidatos à Presidência da República
Candidatos à Presidência da República -

Brasília - A pesquisa Ibope, encomendada pela Rede Globo, mostrou que Jair Bolsonaro (PSL) subiu 4 pontos percentuais e se manteve na liderança nas intenções de voto à Presidência, marcando 31%. Fernando Haddad (PT) se manteve com 21%. Ciro Gomes (PDT) caiu um ponto e foi de 12% para 11%. Geraldo Alckmin manteve 8% da pesquisa anterior, Marina Silva (Rede) caiu dois pontos (4%), João Amoedo (Novo) teve 3%, Álvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) mantiveram os 2 pontos percentuais e Cabo Daciolo (Patriota) ficou com 1%. Guilherme Boulos (Psol) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram.

Votos brancos e nulos somaram 12% e não souberam, 5%. A rejeição dos candidatos se manteve ou, no caso de Haddad, cresceu (38%). Bolsonaro se manteve com 44%, Marina Silva com 25%, Alckmin com 19%, Ciro com 18% e Meirelles com 10%

Em cenários de segundo turno, Jair Bolsonaro ganha de Marina (43% a 38%), empata com Fernando Haddad (42% a 42%) e perde para Ciro Gomes (45% a 39%) e Geraldo Alckmin (42% a 39%).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%, com probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro de 2 pontos para mais ou menos.