Mais Lidas

Figurões da política não conseguiram se eleger em 2018

Enquanto alguns tentavam a reeleição, outros se arriscavam em novos cargos, entre eles Dilma Rousseff e Romero Jucá, que perdeu espaço depois de 24 anos no Senado

Por O Dia

Urna eletrônica
Urna eletrônica -

Rio - Tradicionais nomes da política nacional não conseguiram sucesso nas urnas nas eleições deste ano. Enquanto alguns tentavam a reeleição, outros se arriscavam em novos cargos.  

Dilma Rousseff (PT-MG), Suplicy (PT-SP), Cesar Maia (DEM-RJ) e Beto Richa (PSDB-PR), são alguns dos que arriscaram novas posições no Senado, mas não conseguiram se eleger.

Enquanto isso, dos 54 senadores que estavam no Legislativo desde 2010, 32 tentaram a reeleição, mas só oito deles (25%) conseguiram votos o suficiente para continuar em Brasília em 2019. 

Entre os clássicos da política que não conseguiram a reeleição, estão nomes como Romero Jucá (MDB-RR), que perdeu espaço depois de 24 anos no senado, Magno Malta (PR-ES), Lindbergh Farias (PT-RJ), Jorge Viana (PT-AC), Roberto Requião (MDB-RJ), Cristovam Buarque (PPS-DF) e Eunício de Oliveira (MDB-CE).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia