Bolsonaro anuncia embaixador Ernesto Araújo ministro das Relações Exteriores

Futuro chanceler declarou à imprensa que quer fazer uma política 'efetiva em função do interesse nacional', tornando o Brasil um país 'feliz' e 'próspero'

Por O Dia

Presidente eleito Jair Bolsonaro ao lado do ministro das Relações Exteriores anunciado, Ernesto Araújo
Presidente eleito Jair Bolsonaro ao lado do ministro das Relações Exteriores anunciado, Ernesto Araújo -

Rio - O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou nesta quarta-feira o embaixador Ernesto Araújo para o Ministério das Relações Exteriores.  "A política externa brasileira deve ser parte do momento de regeneração que o Brasil vive hoje. Informo a todos a indicação do Embaixador Ernesto Araújo, diplomata há 29 anos e um brilhante intelectual, ao cargo de Ministro das Relações Exteriores", escreveu no Twitter.

Em entrevista à imprensa, Ernersto Araújo disse que quer aproveitar o 'momento extraordinário que o Brasil vive, com Bolsonaro presidente, para fazer uma política "efetiva em função do interesse nacional", tornando o Brasil um país "feliz" e "próspero".

"Sem preferências, temos relações excelentes com todos os parceiros para incrementar as parcerias em benefício do povo brasileiro, sobretudo", afirmou.

Araújo é diretor do Departamento dos Estados Unidos, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty. Ele concorria ao cargo com outros nomes, entre eles, Marcos Galvão, atual secretário-geral das Relações Exteriores. Durante a campanha, o diplomata criou um blog defendendo as ideias do então candidato do PSL, em que chamava o PT de 'Partido Terrorista'.  Araújo também atacava o globalismo no blog. "Quero ajudar o Brasil e o mundo a se libertarem da ideologia globalista. Globalismo é a globalização econômica que passou a ser pilotada pelo marxismo cultural. É um sistema anti-humano e anti-cristão", escreveu.

O presidente eleito comentou alguns pontos polêmicos de sua visão sobre as relações exteriores.

Mais Médicos

Venezuela

Israel

 

Este é o oitavo ministro anunciado de Bolsonaro. Confira os nomes confirmados do próximo governo:

Paulo Guedes - Economia

Onyx Lorenzoni - Casa Civil

Sergio Moro - Justiça e Segurança Pública

General Augusto Heleno - Segurança Institucional

General Fernando Azevedo - Defesa

Marcos Pontes - Ciência e Tecnologia

Tereza Cristina - Agricultura

Ernesto Araújo - Relações Exteriores

O presidente eleito prometeu anunciar todos os ministros até o dia 30 deste mês.

Em breve, outras informações.

*Com Estadão Conteúdo