No Rio, assim como nos demais entes, desde janeiro os policiais e bombeiros militares contribuem com 9,5% -  Foto: Ricardo Cassiano/Agencia O Dia.
No Rio, assim como nos demais entes, desde janeiro os policiais e bombeiros militares contribuem com 9,5% Foto: Ricardo Cassiano/Agencia O Dia.
Por O Dia
Rio - Um levantamento feito com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) apontam um crescimento de 21% nas candidaturas militares em 2020 em relação a 2016. Foram considerados os candidatos que se declararam policiais militares ou civis, bombeiros militares e membros das Forças Armadas ativos ou reformados como ocupação principal. 
No Brasil, militares correspondem a 8.730 candidaturas para prefeito e vereador em 2020. Os policiais militares correspondem a 41% deste grupo. Esses números, porém, podem ser ainda maiores, porque há casos de policiais ou militares que se autodeclaram como servidores públicos. 
Publicidade
O Rio de Janeiro é o estado que teve o maior crescimento, com quase o dobro em relação aos outros estados. Cerca de 4,3% dos candidatos do Brasil são do Rio e, dentre os candidatos militares, 9,7% estão no Rio.