Marília Arraes (PT) - divulgação
Marília Arraes (PT)divulgação
Por ESTADÃO CONTEÚDO
São Paulo - A candidata à prefeitura do Recife Marília Arraes (PT) votou na tarde deste domingo, acompanhada pelo candidato a vice, João Arnaldo (PSOL), e pela parte do clã Arraes que a apoia. Mais cedo, ela participou de missa e recebeu lideranças evangélicas em sua casa.
Como mostrou o Broadcast Político, a disputa pelo voto evangélico no Recife levou a acusações mútuas entre os candidatos. Um material apócrifo chegou a ser distribuído em portas de igrejas dizendo que a petista seria "contra a Bíblia". O PSB, contudo, nega a autoria dos panfletos.
Publicidade
A petista conversou rapidamente com apoiadores antes de entrar na cabine de votação. "A vitória é nossa", declarou. Segundo informações de sua assessoria de imprensa, ela acompanhará a apuração em sua casa e, depois, seguirá para o comitê de campanha.
Em um racha na família, o outro candidato a prefeito é seu primo João Campos (PSB), que votou mais cedo na companhia do atual prefeito, Geraldo Júlio (PSB). Os dois estão empatados com 50% das intenções de votos válidos, de acordo com pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas ontem.