Hamilton não esconde ansiedade: 'Estou impaciente para voltar a correr'

Fórmula 1 retorna neste final de semana com o GP da Bélgica

Por ulisses.valentim

Bélgica - Passado quase um mês da última corrida da Fórmula 1, o GP da Hungria, disputado em 28 de julho, os pilotos não escondem a vontade de voltar a pista, e um dos mais ansiosos é o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que venceu a corrida disputada em Hungaroring.

"Parece que estive longe do carro por muito tempo desde a vitória na Hungria, estou impaciente para voltar a correr", declarou Hamilton em nota oficial da Mercedes, na qual se disse animado para o segundo semestre.

"Temos muita expectativa em relação à segunda metade da temporada e na possibilidade de conseguir bons resultados", acrescentou o britânico, quarto colocado do Mundial, com 124 pontos.

Hamilton quer logo voltar a correr na Fórmula 1Efe

O líder é o alemão Sebastian Vettel (Red Bull), com 172. Por sua vez, o outro piloto da Mercedes, Nico Rosberg, espera ter a seu favor um grande número de torcedores na corrida do próximo fim de semana, o GP da Bélgica, já que o deslocamento dos alemães para Spa não é difícil.

"O Grande Prêmio da Bélgica sempre é muito especial pela proximidade com a Alemanha, o que permite que muitos dos meus torcedores possam estar no circuito neste fim de semana, além de alguns dos meus amigos", destacou Rosberg, que espera que o desenho do traçado beneficie a Mercedes.

Já o diretor esportivo da escuderia alemã, o britânico Ross Brawn, lembrou que a equipe teve que realizar "muito trabalho em pouco tempo" para adaptar as características aerodinâmicas do carro a Spa. "Terminamos a primeira metade do campeonato em um grande nível e esperamos mantê-lo na segunda metade", afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia