O Dia - O Dia
O DiaO Dia
Por O Dia

Estados Unidos - Uma polêmica está repercutindo no esporte universitário norte-americano. A jogadora Shalom Ifeanyi, de 19 anos, que defende a equipe feminina de vôlei da Universidade de Cincinnati foi expulsa da equipe por ter postado uma foto no Instagram que foi considerada "sexy demais" pela técnica Molly Alvey.

Na imagem, a jovem aparece com um biquíni. Revoltada, Shalom Ifeanyi decidiu processar a treinadora alegando discriminação racial e sexual.  A assistente da direção atlética Maggie McKinley também está sendo acusada.

"Existe essa história de mulheres negras terem seus corpos sexualizados e é isso que parece estar acontecendo comigo", disse a jogadora em uma postagem no Facebook. "Chego a sentir vergonha do meu corpo agora. Apenas sinto que eu tenho que estar magra demais para postar as imagens", completou.

Segundo informações da Courthouse News, o processo aberto pela atleta também contém conversas em aplicativos de mensagem mostrando o descontentamento do seu treinador por conta da foto nas redes sociais. O papo mostra Alvey pedindo para Ifeanyi remover algumas imagens da sua conta do Instagram.

A jovem disse à imprensa norte-americana que apagou as fotos da sua rede social, mesmo que contra sua vontade. Ainda assim, ela foi expulsa do time de vôlei. A jogadora agora está buscando indenizações compensatórias e indenizações punitivas no processo por danos morais que abriu na Justiça do país.

 

Você pode gostar