Vitória dramática sobre a França

Com 18 pontos de bloqueio, seleção brasileira ganha a segunda seguida no Mundial de Vôlei: 3 sets a 2

Por

Lipe enfrenta a muralha francesa para marcar mais um ponto para a Seleção -

Depois de bater o Egito na estreia, a seleção brasileira masculina de vôlei contou com a força do bloqueio e conseguiu a segunda vitória no Mundial que está sendo disputado na Itália e na Bulgária. E foi sobre um rival de muita tradição: 3 sets a 2 sobre a França, com parciais de 25/20, 25/20, 20/25, 23/25 e 15/12, em partida pelo Grupo B.

Nos dois primeiros sets na cidade búlgara de Ruse, a Seleção venceu com uma facilidade inesperada. A partir daí, entrou em quadra a ousadia do técnico francês Laurent Tillie, que mudou vários jogadores e conseguiu equilibrar as ações da partida.

Os comandados de Renan Dal Zotto sentiram a reação francesa e não mantiveram o padrão, sendo derrotados nos dois sets seguintes.

Na quinta e decisiva parcial, a Seleção fez um jogo equilibrado até a igualdade em 6 a 6, contando com o ponteiro Wallace muito inspirado e o bom trabalho dos centrais. O time, no entanto, voltou a ter um momento de apagão em quadra, com erros bobos, e os franceses abriram três pontos. Renan pediu tempo, o Brasil voltou melhor e conseguiu igualar o set. Os adversários retomaram a frente em 12 a 11, mas Lucão foi para o saque, o bloqueio funcionou bem e o duelo foi resolvido com um ace.

Wallace foi o maior pontuador da equipe brasileira, com 20 bolas no chão. Pelo lado francês, Ngapeth marcou 22 pontos. Merece destaque o fato de que o Brasil contabilizou 18 pontos de bloqueio, a melhor marca nesse fundamento desde que Renan Dal Zotto assumiu o comando da Seleção substituindo Bernardinho.

A vitória deixa a Seleção em segundo lugar no Grupo B, atrás do Canadá, que venceu os dois jogos em três sets. Os brasileiros folgam hoje e voltam à quarta amanhã, às 14h30 (de Brasília), para enfrentar os holandeses. O grupo conta ainda com a China classificam-se para a segunda fase os quatro mais bem colocados. O Brasil tenta o quarto título mundial, após as conquistas em 2002, 2006 e 2010.

OUTROS RESULTADOS

Em outras partidas do Mundial realizadas ontem, a Polônia venceu Porto Rico por 3 sets a 0, com parciais de 25/14, 25/12 e 25/15; o Japão derrotou a República Dominicana com facilidade por 25/20, 25/16 e 25/16; os Estados Unidos sofreram para conseguir passar pela Austrália por 3 a 2 (25/23, 25/20, 22/25, 23/25 e 15/10); o Irã superou a Bulgária por 3 a 1 (25/22, 25/20, 22/25 e 25/19); e a Sérvia ganhou de Camarões por 3 a 0 (30/28, 25/16 e 25/17).

Galeria de Fotos

Edilson Silva faz o famoso gesto com a mão: sua marca registrada na televisão Ligia Pontes/Divulgação
Lipe enfrenta a muralha francesa para marcar mais um ponto para a Seleção DIVULGAÇÃO FIVB
. Gilvan de Souza / Flamengo

Comentários

Últimas de Esporte