Gabigol é dúvida em jogo do Fla sem torcida

Atacante sente dores no joelho na véspera do duelo contra a Portuguesa, hoje, às 18h, no Maracanã, com portões fechados em razão do coronavírus

Por

Treino Flamengo
Treino Flamengo -

Provavelmente sem Gabigol, que sentiu dores no joelho no treino de ontem, os jogadores do Flamengo que entrarem em campo contra a Portuguesa, hoje, às 18h, no Maracanã, pela Taça Rio, vão viver uma atmosfera diferente do que estão acostumados. Por decisão da Federação do Estado do Rio de Janeiro de Futebol (Ferj), os jogos deste final de semana do Carioca serão disputados com portões fechados, sem a presença dos torcedores.

Antes de a medida ser tomada, mais de 20 mil ingressos para o duelo contra a Lusa haviam sido vendidos. O Rubro-Negro recomendou que os torcedores busquem informações no site oficial para conseguirem o reembolso do valor do bilhete.

Como forma de prevenção, o Flamengo submeteu todo o Departamento de Futebol — jogadores e membros da comissão técnica — a exames para saber se alguém está contaminado pelo coronavírus. Os testes foram feitos ontem à tarde e a imprensa não teve acesso ao treino comandado por Jorge Jesus.

Vice-presidente de Embaixadas, Mauricio Gomes de Mattos, que viajou recentemente à Europa com o presidente Rodolfo Landim e com o vice-presidente de comunicação e marketing, Gustavo Oliveira, está em Brasília e testou positivo para o coronavírus. Maior ídolo do clube, Zico, que teve contato com os dirigentes rubro-negros, também realizou os exames no Ninho ontem.

TITULARES EM AÇÃO

Como os jogos da Libertadores estão suspensos e o Flamengo não entrará mais em campo na quinta-feira, contra o Independiente Del Valle, Jorge Jesus não deve poupar alguns jogadores titulares hoje — a única dúvida é Gabigol. A expectativa também fica para o retorno de Rodrigo Caio ao time titular.

Recuperado de lesão muscular, o zagueiro não entra em campo há quase um mês. No duelo contra o Barcelona de Guayaquil-EQU, na quarta-feira, muitos acharam que o camisa 3 começaria atuando, mas Jesus optou por escalar Gustavo Henrique e Léo Pereira.

Na lateral direita, antes de a Conmebol adiar os jogos da Libertadores, Jesus havia dito que escalaria Berrío e poupar Rafinha. Sem o compromisso pelo meio de semana, o português deve manter o camisa 13.

Comentários