Denílson defende retorno dos treinamentos nos clubes: 'Precisam estar em atividade'

Opinião gerou debate entre comentaristas durante o programa

Por O Dia

Denílson
Denílson -
Rio - Em meio à pandemia do novo coronavírus, o tema volta do futebol brasileiro tem gerado muitos debates. Durante o programa "Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, na última segunda-feira, o ex-jogador Denilson defendeu a volta das atividades nos clubes afirmando que os jogadores precisam estar condicionados fisicamente. No entanto, os comentaristas Héverton e Paulo foram contra a opinião.
"Eu acho que tem que treinar para manter o condicionamento físico, a gente não sabe até quando vai essa questão da pandemia. E também não dá para você ficar pagando os jogadores, e eles dentro de casa. Por mais que não seja culpa dos jogadores, isso é fato, mas os jogadores precisam estar em atividade, precisa cuidar do corpo, manter o condicionamento físico. Para isso é que serve o treinamento", opinou Denílson.
"Do que adianta liberar, aí o Atlético-MG e o Cruzeiro treinam aqui, o Grêmio e o Inter treinam no sul, mas ai no Rio e em São Paulo, que a situação está muito grave, não voltam os treinos? Vai seguir dando treinamento até quando? Para quando jogar?", questionou Héverton.
"Treinar para que? Não tem jogo. Ninguém assume a responsabilidade de falar ‘olha, o campeonato vai recomeçar”, afirmou Paulo “Ninguém sabe o que está acontecendo. É uma ‘encheção’ de linguiça que já extrapolou qualquer paciência. Ninguém toma uma posição porque tem medo de toma-la", afirmou Paulo.
No último fim de semana, a Ferj emitiu um comunicado liberando os treinamentos e que a decisão de volta dependeria de cada clube. Porém, o governo do estado do Rio de Janeiro alegou que a medida de isolamento social prolongada até o próximo dia 11 também serve para vetar as atividades nos centros de treinamentos.

Comentários