'Depois que eles treinarem bem, não sei com quem vão jogar', diz Montenegro sobre Flamengo

Dirigente do Botafogo é contra a volta do futebol durante a quarentena

Por João Vitor Campos e Venê Casagrande

Montenegro
Montenegro -
Rio - Carlos Augusto Montenegro já deixou claro, algumas vezes, que é contra o retorno das atividades do futebol antes do término da quarentena. De forma exclusiva para o Dia, o dirigente do Botafogo deu declarações fortes sobre os atos do Flamengo em testar jogadores, funcionários e familiares.
"Não temos (Botafogo) a ansiedade do Flamengo para voltar. Eles vão ter que comprar testes e também respiradores. Depois que eles treinarem bem, não sei com quem vão jogar.", disse.
Montenegro descartou a possibilidade de comprar testes para serem realizado nos jogadores, no entanto existe a chance de levarem os atletas em um posto médico, em junho, para serem realizados os testes da Covid-19.
Ainda que as atividades do futebol brasileiro não tenha data para voltar, o Flamengo já iniciou o processo de testes. Esse é o primeiro passo para possibilitar a volta dos treinos. Foram 239 exames realizados, 38 testaram positivo, sendo três deles jogadores do elenco principal.

Comentários