Comentarista da Globo é chamado de 'macaco' na Web após opinião em jogo do Fluminense

Ex-árbitro prometeu que irá denunciar as ofensas

Por O Dia

Paulo Cesar de Oliveira
Paulo Cesar de Oliveira -
Rio - O comentarista de arbitragem da TV Globo, Paulo César de Oliveira, sofreu uma injúria racial em seu perfil no Instagram após sua participação na transmissão da partida entre Fluminense e Corinthians, no último domingo. Após opinar sobre um pênalti marcado pelo árbitro Braulio da Silva Machado, contestado pelos corintianos, o ex-árbitro foi chamado de "macaco sem vergonha" por um usuário com o nome de "Gugu Berti".
"Foi um comentário de um internauta, vi só na segunda-feira. Ontem (terça) fiz contato com a delegacia especializada em crime virtual em São Paulo e hoje como vou trabalhar lá, estou na estrada e vou registrar a ocorrência. Pediram pra salvar a URL do perfil, o print, e já fiz isso. Estou indo agora à tarde. O comentário ainda está na minha publicação, não respondi nada para não alardear, mas pedi orientação ontem e vou registrar. É inaceitável", declarou PC ao "Globo Esporte".
Paulo César também relembrou um outro episódio de racismo que acabou sofrendo no futebol.
"A primeira infelizmente foi com o falecido Carlos Alberto Torres, ele era técnico do Paysandu, fiz um jogo entre Paysandu e Flamengo, ele me ofendeu, chamou de negro de merda, teve uma repercussão muito grande, mas depois me pediu desculpas pessoalmente. Cheguei a processá-lo, mas com o pedido de desculpas abri mão do processo, perdoei, que a alma dele descanse em paz. Mas desta vez não conheço o internauta, não sei se é perfil falso ou se não é, acho que não, mas vou levar o caso adiante para servir mesmo como um processo educativo, uma forma de repudiar essa conduta", relatou.

Galeria de Fotos

Paulo Cesar de Oliveira Reprodução
Paulo César de Oliveira sofre injúria racial na Web Reprodução

Comentários