07/03/2020 - FLAMENGO X BOTAFOGO - 2A RODADA da Taca Rio no Maracana. Torcida Foto: Daniel Castelo Branco / Agencia O Dia - Daniel Castelo Branco / Agencia O Dia
07/03/2020 - FLAMENGO X BOTAFOGO - 2A RODADA da Taca Rio no Maracana. Torcida Foto: Daniel Castelo Branco / Agencia O DiaDaniel Castelo Branco / Agencia O Dia
Por O Dia
Publicado 18/09/2020 17:34 | Atualizado 18/09/2020 17:52
Rio - Ferj e Prefeitura do Rio anunciaram, nesta sexta-feira, que estudam a possibilidade de liberarem a volta dos torcedores aos estádios no dia 04/10, na partida entre Flamengo e Athletico-PR, no Maracanã, pelo Brasileirão. A capacidade do estádio será de apenas 30%. A decisão aconteceu após uma reunião com a presença do prefeito Marcelo Crivella, do senador Romário e do presidente da Ferj, Rubens Lopes.
SAIBA MAIS SOBRE O MUNDO DOS ESPORTES
Publicidade
"Regras de ouro deverão ser seguidas. Teremos duas semanas para a Federação, os administradores do Maracanã e a vigilância sanitária se ajustarem. Maiores de 60 anos e menores de 12, por favor, fiquem em casa. Faremos um apelo à CBF para que o Maracanã seja uma alternativa à praia, que é um grande problema hoje no Rio por conta do grande número de pessoas sem máscara. Se o jogo for às 11h, será ótimo", declarou o prefeito Marcelo Crivella.
"A intenção é fazer com o que o público retorne de forma segura. A possibilidade de voltar com o público no jogo do dia 4 (Flamengo x Athletico-PR) é grande, mas temos um trabalho de casa a fazer. Se conseguirmos isso até o fim do mês e a equipe da prefeitura entender que estamos dentro das normas de segurança, voltaremos com o público ao estádio, no nível de 30% de sua capacidade total", disse Rubens Lopes, presidente da Ferj.
Publicidade
Além do Rio, outros estados também podem voltar a ter público em breve. Na última semana, a CBF enviou ao Ministério da Saúde um estudo para o retorno gradual dos torcedores aos estádios.