TottenhamAFP

Em comunicado oficial, o Tottenham anunciou que a partida contra o Rennes, da França, pela Conference League, que seria na quinta, foi adiada por causa do surto de Covid-19 em seu elenco. Segundo o técnico Antonio Conte em coletiva mais cedo, havia até o momento oito jogadores infectados e outros cinco membros da comissão. Entretanto, o clube não informou o número na nota.
"O problema é que todos os dias temos mais casos positivos. A situação é séria. Há uma grande infecção. Nos preparamos para o jogo com o Rennes, mas é muito difícil. Novamente no final do treino, um jogador e outro [membro] da equipe testaram positivo. E amanhã, quantos mais?", disse Conte, contestando o regulamento da Uefa que prevê o adiamento apenas se não houver 13 atletas aptos, incluindo um goleiro.
Não está claro se os infectados tomaram a vacina contra a Covid-19 ou não. O clube apenas comunicou que discutirá com a Uefa uma nova data para o jogo e que a parte do CT que é utilizada pelo time principal foi fechada por questão de segurança à saúde, funcionando apenas as outras áreas.
Os jogadores terão que ficar pelo menos 10 dias em isolamento e o Tottenham também pretende pedir o adiamento dos jogos no Campeonato Inglês.